Ouvindo...

Times

ANTT espera entregar BR-381 à iniciativa privada após ‘repaginada’ no edital de concessão

Nova tentativa de conceder o trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares para a iniciativa privada exclui o trecho que prevê desapropriações para obras de duplicação na saída da capital

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) espera publicar na sexta-feira (17) o edital de concessão do trecho da BR-381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares, que soma mais de 300 km. Nesta quinta-feira (16), a diretoria do órgão federal se reuniu para definir os critérios do edital e fechar os últimos detalhes antes da publicação oficial.

A principal mudança com relação ao último edital publicado pelo governo - e que não houve interessados - é a exclusão da concessão do trecho do Lote 8, que prevê desapropriações para as obras de duplicação na saída de Belo Horizonte. Essa parte da obra deverá ser bancada pelo Departamento Nacional de Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O edital para licitação deste trecho foi publicado no início do mês.

Leia também

Após as obras, é previsto que o trecho duplicado seja incorporado no escopo da concessão. Em relação ao estado atual da rodovia, o diretor da ANTT, Guilherme Sampaio afirma que a estrada passará por melhorias significativas.

“Estão previstos em torno de R$ 10 bilhões de investimento ao longo dos 30 anos de concessão desses 304 quilômetros. O que teremos são 104 km de duplicação, 138 km de faixas adicionais, 12 km de faixas marginais, inúmeros pontos de ônibus, passarelas, ponto de parada de descanso para caminhoneiros, área de escape, conectividade e trazer a modernidade regulatória, contratual e, além disso, uma nova diretriz apresentada pelo ministério dos transportes, de apresentar uma estrutura resiliente”, explica Sampaio.

A concessão da BR-381, conhecida como ‘Rodovia da Morte’, tem leilão previsto para o dia 29 de agosto, na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo. O critério do leilão é o maior desconto tarifário.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter da Rádio Itatiaia em Brasília atuando na cobertura política dos Três Poderes. Mineiro formado pela PUC Minas Gerais, já teve passagens como repórter e apresentador pela Rádio BandNews FM, Jornal Metro e O Tempo. Vencedor do prêmio CDL de Jornalismo em 2021 e Amagis 2022 na categoria rádio.
Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia e podcaster no “Abrindo o Jogo”. Mestre em ciência política pela UFMG e diplomada em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi apresentadora e registra no currículo grandes coberturas nacionais, internacionais e exclusivas com autoridades, incluindo vários presidentes da República. Premiada, em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Leia mais