Ouvindo...

Times

Dino lembra morte do filho de 13 anos ao protocolar projeto de lei no Senado

Marcelo Dino, 13, morreu após dar entrada com crise de asma no Hospital Santa Lúcia, em Brasília; unidade foi condenada pela Justiça a pagar indenização à família

O senador Flávio Dino (PSB-MA) lembrou a morte do filho Marcelo Dino, 13, após protocolar nesta segunda-feira (19) um projeto de lei (PL) no Senado Federal que prevê a criação de um sistema de avaliação dos hospitais brasileiros para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fiscalizar e controlar os serviços de saúde públicos e privados.

A tragédia pessoal de Dino completou 12 anos neste mês em que ele troca a vida política por uma carreira de 19 anos no Supremo Tribunal Federal (STF). Em 2012, o filho de Flávio Dino deu entrada no Hospital Santa Lúcia, em Brasília, com uma crise de asma, e morreu 18 horas depois. A família do futuro ministro protocolou ação criminal contra o hospital; a Justiça, seis anos depois, absolveu a médica e a enfermeira que atenderam Marcelo Dino.

Leia também

Na tribuna do plenário nesta segunda-feira, Dino evitou citar nominalmente o filho e relembrar o episódio, mas, declarou que o projeto de lei protocolado era uma maneira de evitar que outras famílias sofram o que ele sofreu. “As vítimas, que são milhares, talvez se perguntem por quê, para quê, esse projeto agora. A resposta é para que os outros não sofram o que nós, integrantes dessas famílias, sofremos todos os dias”, afirmou.

O projeto protocolado por Flávio Dino cria a Estratégia Nacional de Controle e Avaliação da Qualidade de Assistência à Saúde. A proposta prevê que a Anvisa determine padrões de qualidade para os serviços de saúde e uma divulgação periódica do resultado da avaliação das unidades. Ainda segundo o texto apresentado ao Senado, o sistema de controle seguirá parâmetros semelhantes àqueles adotados pelo Ministério da Educação para avaliar instituições de ensino.

Participe do canal da Itatiaia no WhatsApp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Repórter de política em Brasília. Na Itatiaia desde 2021, foi chefe de reportagem do portal e produziu série especial sobre alimentação escolar financiada pela Jeduca. Antes, repórter de Cidades em O Tempo. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Leia mais