Ouvindo...

Times

Fufuca nega elo com Bolsonaro, se diz ‘aliado leal’ de Lula e afirma que Esporte está de ‘braços abertos’ para Ana Moser

Novo ministro do Esporte respondeu sobre vídeo gravado com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na eleição presidencial do ano passado

Novo ministro do Esporte do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ex-líder do Partido Progressistas (PP) André Fufuca minimizou o mal-estar provocado pela demissão da então titular Ana Moser e afirmou, em entrevista à CNN Brasil, que a pasta está de ‘braços abertos para recebê-la”. “Qualquer espaço que a ministra Ana Moser puder ocupar, ela vai ocupar de forma brilhante. Aqui mesmo no ministério. A gente está de braços abertos para recebê-la se quiser somar forças conosco, somar forças com suas ideias, somar forças com seus objetivos, com sua vivência no esporte”, declarou.

A demissão de Ana Moser na semana passada gerou uma enxurrada de críticas de aliados e de esportistas contrários à decisão do presidente Lula (PT) para acomodar o Centrão na Esplanada dos Ministérios. A articulação do petista levou à saída de Moser do Esporte para a entrada de André Fufuca e à criação de um novo ministério, do Empreendedorismo, para Márcio França (PSB), afastado dos Portos e Aeroportos para dar lugar a Sílvio Costa Filho (Republicanos). A saída da ex-esportista dois meses após a retirada de Daniela do Waguinho (União) do Ministério do Turismo foi carregada de desaprovação também pela exclusão da segunda ministra mulher para a entrada de outro homem na cúpula do governo.

Sobre as críticas, Fufuca se limitou a afirmar que tratará a paridade de gênero como prioridade em sua gestão no Ministério do Esporte. “Posso assegurar que aqui teremos como missão a paridade de gênero. Queremos, na construção do Esporte que faremos daqui para a frente, ter 50% de homens e 50% de mulheres”, sustentou.

Leia também:

‘Lula tem um aliado leal, correto e amigo’, diz André Fufuca

Imagens filmadas durante a campanha eleitoral do ano passado mostram o então deputado federal André Fufuca pedindo votos para o candidato Jair Bolsonaro (PL). “Peço votos para quem eu acho correto”, disse o político em ato com participação do postulante à reeleição.

Questionado sobre o apoio declarado a Bolsonaro, Fufuca negou elo com o ex-presidente. “Nunca fui bolsonarista. Que se diga de passagem, nunca fui da panela”, afirmou. “Eu diria que sou um aliado do atual governo e irei fazer o possível para reafirmar a confiança e o gesto que o presidente Lula fez para com o deputado André Fufuca, e tenho certeza que o André Fufuca hoje é mais aliado do governo que muitos integrantes do PT”, conclui se referindo a si na terceira pessoa.

Repórter de política em Brasília. Na Itatiaia desde 2021, foi chefe de reportagem do portal e produziu série especial sobre alimentação escolar financiada pela Jeduca. Antes, repórter de Cidades em O Tempo. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Leia mais