Ouvindo...

Times

Em tratamento contra câncer, Rei Charles e Kate Middleton devem evitar casamento real

A cerimônia do Duque de Westminster, Hugh Grosvenor, está marcada para o dia 7 de junho

O casamento do Duque de Westminster, Hugh Grosvenor, tem chamado atenção já que integrantes da família real britânica devem se reunir em meio a várias polêmicas. No entanto, ao contrário do que se espera, a lista de convidados deve contar com três integrantes a menos da realeza. A cerimônia está marcada para 7 de junho na Catedral de Chester.

Padrinho do noivo, o rei Charles III pode não ir devido ao tratamento contra o câncer. Pelo mesmo motivo, Kate Middleton deve deixar o príncipe William ir sozinho ao evento. Ele, inclusive, recebeu o papel de recepcionista e ele receberá os convidados na igreja e os acompanhará até seus lugares.

Para evitar possíveis tensões familiares, Harry e Meghan Markle também podem não comparecer ao evento. Vale destacar que Hugh Grosvenor é padrinho do filho de Harry, Archie, que completou cinco anos no início de maio.

Leia também

Saúde de Kate Middleton

A ausência de Catherine, uma das mulheres mais fotografadas do mundo, gerou inúmeros rumores sobre a saúde dela e a situação do casamento com príncipe William. Kate ficou fora dos holofotes por mais de 80 dias, sem detalhes sobre o motivo que levou à necessidade do procedimento, o que só foi revelado através do vídeo divulgado pelo Palácio de Kensington.

“Em janeiro, eu passei por uma grande cirurgia abdominal e na ocasião pensou-se que minha condição não era de câncer. A cirurgia foi bem-sucedida, no entanto, exames após a operação mostraram que havia câncer. Minha equipe médica aconselhou que eu me submetesse a uma quimioterapia preventiva, e agora estou nos estágios iniciais desse tratamento”, contou a princesa de Gales.

Kate relatou que está sendo submetida a um tratamento de “quimioterapia preventiva”, ainda em estágio inicial. O tratamento quimioterápico consiste basicamente na utilização de medicamentos cuja missão é eliminar as células cancerosas e impedir que elas se espalhem e se multipliquem no organismo.

Câncer de Rei Charles III

O Palácio de Buckingham anunciou em fevereiro deste ano que o rei Charles III foi diagnosticado com um câncer. Segundo o comunicado, a equipe médica notou um novo problema após a cirurgia à qual ele foi submetido em janeiro.

Após exames, foi constatado que rei Charles III está com câncer. O local, no entanto, não foi informado. A Família Real optou por comunicar sobre o diagnóstico para “prevenir a especulação” envolvendo a saúde do monarca e a linha de sucessão.


Participe dos canais da Itatiaia:

Natasha Werneck é jornalista formada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH). Foi repórter de Política e Cultura do Jornal Estado de Minas e já atuou em portais como Hugo Gloss e POPline. Foi estagiária da Itatiaia e retornou à empresa em 2023, como repórter de Entretenimento.
Leia mais