Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Gemini x Chat GPT: qual a diferença da nova IA do Google para a ferramenta da OpenIA?

Ambas são modelos de inteligência artificial (IA) treinados para entender e gerar texto em linguagem natural, mas existem diferenças entre eles

Gooegle x Chat GPT

Confira as diferenças entre o Chat GPT e a Gemini, nova IA lançada pelo Google

Divulgação/ Google/ Open IA

O Google lançou, nesta quarta-feira (6), o Gemini, um modelo de inteligência artificial (IA) considerado o maior projeto científico e tecnológico que a empresa já desenvolveu até agora. O programa já está disponível para teste no Bard, plataforma do Google que é concorrente do Chat GPT, mas apenas na versão em inglês.

Funções

O Gemini ainda está em desenvolvimento, mas já é capaz de realizar uma variedade de tarefas, como, por exemplo:

  • Geração de textos de diferentes estilos, incluindo artigos, poemas, histórias e código.
  • Traduzir diferentes idiomas com alta precisão
  • Criação de diferentes tipos de conteúdo criativo, como poemas, histórias, scripts, peças musicais, e-mail, cartas, etc
  • Responder às suas perguntas de forma informativa, mesmo que sejam abertas, desafiadoras ou estranhas
  • Criar chatbots mais inteligentes e conversacionais
  • Resumir documentos de forma rápida e precisa
  • Geração de imagens a partir de texto ou descrições
  • Auxiliar escritores a gerar ideias, escrever textos e revisar seus trabalhos
  • A IA será útil para tarefas que exigem maior capacidade de raciocínio, como auxiliar programadores em códigos complexos e ajudar estudantes a fazer lições de casa

Gemini x Chat GPT

Nesse momento, você pode estar se perguntando: qual a diferença do Gemini com o Chat GPT?

A IA da Microsoft executa funções muito semelhantes com a nova ferramenta do Google. Ambos são grandes modelos de inteligência artificial (IA) treinados para entender e gerar texto em linguagem natural, mas existem algumas diferenças importantes entre eles.

O Gemini é particularmente adequado para tarefas que exigem um alto grau de criatividade e autonomia, enquanto o Chat GPT é adequado para tarefas que exigem um alto grau de precisão ou consistência.

Veja algumas diferenças:

  • Tamanho e dados de treinamento

O Gemini é um modelo de linguagem maior do que o Chat GPT. O Gemini tem 1,6 trilhão de parâmetros, enquanto o ChatGPT tem 1,5 bilhão. Isso significa que o Gemini pode aprender padrões mais complexos no conjunto de dados de treinamento.

O conjunto de dados de treinamento do Gemini também é maior do que o do Chat GPT. O Gemini foi treinado em um conjunto de dados de 2,6 terabytes de texto e código, enquanto o Chat GPT foi treinado em um conjunto de dados de 600 gigabytes de texto e código.

  • Abordagem de aprendizado

O Gemini e o Chat GPT usam abordagens diferentes para o aprendizado da “máquina”. O Gemini usa aprendizado por reforço, enquanto o Chat GPT usa aprendizado supervisionado.

O aprendizado por reforço é considerado mais eficaz para tarefas que envolvem um alto grau de criatividade ou autonomia. O modelo é recompensado por realizar ações que levam a resultados desejados. No aprendizado supervisionado, o modelo é treinado em um conjunto de dados de exemplos etiquetados.

  • Atualização

Enquanto a última atualização da base de dados da versão gratuita do Chat GPT é janeiro de 2022, o Gemini inclui dados de texto e código até 2023. O Google também afirma que vai constantemente atualizar a base de dados do Gemini, o que significa que a ferramenta continuará a aprender e melhorar com o passar do tempo.

  • Aplicações

O Gemini é mais adequado para tarefas que exigem um alto grau de criatividade ou autonomia. O Chat GPT é particularmente adequado para tarefas que exigem um alto grau de precisão ou consistência.

Por exemplo: o Gemini pode ser usado para gerar ideias para novos produtos ou serviços, ou para criar histórias ou poemas originais.

O chat GPT também pode criar histórias ou poemas originais. No entanto, a criatividade do modelo é baseada em padrões aprendidos durante o treinamento, e o resultado pode variar em termos de originalidade e coesão. Ao solicitar a criação de uma história ou poema, é útil fornecer instruções claras e específicas para orientar o Chat GPT na direção desejada.

Em termos de originalidade e coesão, o Gemini é considerado superior ao Chat GPT. Isso ocorre porque a IA do Google tem um modelo de linguagem maior e foi treinado em um conjunto de dados mais diversificado, o que prioriza a originalidade.

No entanto, é importante ressaltar que um texto produzido por IA jamais vai ser 100% original. Isso ocorre porque os modelos de linguagem são treinados em um conjunto de dados de texto e código que inclui livros, artigos, código-fonte, etc., que já foram escritos por humanos.

  • Flexibilidade

Ao contrário do Chat GPT, o Google anunciou que a Gemini é capaz de organizar, compreender, operar e combinar diferentes tipos de informação, incluindo: textos, imagens, áudios e vídeos.

A ferramenta da Open IA, por outro lado, não foi projetada para analisar ou gerar informações específicas relacionadas a imagens, áudios, vídeos ou códigos de programação de maneira tão precisa.

Além disso, o Google anunciou que o Gemini vai ser flexível, podendo ser utilizado em infraestruturas grandes e pequenas.

A empresa planeja lançar versões específicas para cada modelo, como:

  • Gemini Ultra para tarefas altamente complexas
  • Gemini Pro para uma ampla gama de tarefas
  • Gemini Nano para dispositivos móveis.

O modelo mais avançado do Gemini foi adiado para 2024 devido a preocupações com a performance inconsistente com idiomas diferentes do inglês.

Nada é infalível!

Apesar de todas as suas inovações, a Gemini e o Chat GPT estão sujeitos a geração de informações incorretas, tendenciosas ou sem sentido.

O Google afirma que o Gemini possui avaliações de segurança avançadas para evitar conteúdo inadequado. A criação da Gimini incluiu treinamento sobre o que não deve ser exibido aos usuários, com testes conduzidos por especialistas independentes.

No entanto, o conjunto de dados de treinamento da Gemini pode conter viés e pode ser usado para gerar textos prejudiciais ou enganosos.

Portanto, não confie cegamente na Gemini. Sempre verifique as informações gerarados pela ferramenta.

Origem

O nome Gemini é inspirado na lenda grega dos gêmeos Castor e Pollux. Na lenda, os irmãos eram filhos de Zeus, o pai dos deuses gregos, e Leda - uma rainha humana. Por isso, de acordo com a mitologia, Castor era mortal, enquanto Pollux era imortal. No entanto, apesar das diferenças, eles sempre foram muito unidos.

Um dia, Castor foi morto em um combate. Pollux ficou inconsolável e pediu a Zeus que o deixasse morrer com o irmão. O pai concordou e transformou os dois irmãos em constelações, que ainda hoje podem ser vistas no céu noturno. A constelação de Gémeos pode ser identificada a partir das suas duas estrelas mais brilhantes: denominadas Castor e Pollux.

O nome da nova ferramenta do Google, Gemini, é uma referência à união entre a máquina e o humano. Os gêmeos Castor e Pollux representavam a união entre a mortalidade e a imortalidade, e a Google sugere que a sua nova IA será uma união entre a tecnologia e a humanidade.

A IA Gemini será capaz de realizar tarefas complexas de forma rápida, inteligente e criativa - o que os humanos não fazem com facilidade. No entanto, a IA também será capaz de aprender e se adaptar a novas situações - algo que as máquinas não são capazes de fazer sozinhas.

Assim, a Gemini pode ser vista como uma ponte entre a máquina e o humano. Ela pode ajudar os humanos a realizar tarefas que seriam impossíveis sem a ajuda da tecnologia, e também pode ajudar as máquinas a aprender e se adaptar ao mundo real.

Siga o canal da Itatiaia no WhatsApp: https://whatsapp.com/channel/0029Va5comADp2QA0xVtNN04

Formado em Jornalismo pela UFMG, com passagens pelo jornal Estado de Minas/Portal Uai e produção de vídeos para a Labe Tecnologia. Hoje, é repórter multimída da Itatiaia na área de Tendências Digitais.
Leia mais