Ouvindo...

Times

Ceará visita o Operário e ‘seca’ o América por G4 da Série B

Time cearense pode aparecer pela primeira entre os quatro primeiros desde que voltou à Segunda Divisão, em 2023; jogo será neste domingo (19)

Após 43 rodadas, o Ceará pode finalmente aparecer no G4 da Série B do Brasileiro pela primeira vez desde que retornou à Segunda Divisão, em 2023. Neste domingo (19), o time comandado por Vágner Mancini visita o Operário em Ponta Grossa, no estádio Germano Kruger, às 16h (de Brasília), pela sexta rodada.

Com a derrota do Vila Nova na sexta-feira (17), por 1 a 0 para o CRB, o Vozão pode chegar ao grupo de quatro times que estão na ponta da Série B ao fim dessa rodada se bater o Operário e o América não vencer o Guarani em Campinas, na segunda-feira (20), às 21h (de Brasília).

O Ceará nunca esteve no G4 nas 38 rodadas da Série B de 2023, primeiro ano de disputa após o rebaixamento na Série A em 2022. E nas cinco primeiras rodadas da edição 2024 do torneio de acesso também não apareceu nessa posição, apesar de estar em sexto, com oito pontos, algo que não conseguiu no ano passado.

Para enfrentar o time paranaense, Mancini não terá o meia Guilherme Castilho e o atacante Saulo Mineiro, ambos suspensos. O meia Lucas Mugni também não viajou por causa de um quadro gripal. Em compensação, o volante Lourenço e o meia Recalde retornam após cumprirem suspensão na vitória de 2 a 1 sobre o Amazonas, no meio da semana passada.

Um provável Ceará tem Richard; Matheus Felipe, Ramon Menezes e David Ricardo; Raí Ramos, De Lucca, Lourenço, Recalde e Matheus Bahia; Eick Pulga e Facundo Barceló.

Será a primeira vez que Operário e Ceará se enfrentam na história. O time paranaense, que subiu da Série C para a B em 2024, também pode aparecer no G4 se bater o Ceará e o América tropeçar. O jogo terá transmissão pela Band, pelo Premiere e pelo Canal GOAT.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais