Ouvindo...

Times

Atlético entra com Notícia de Infração contra árbitro de duelo com Palmeiras

Decisões do árbitro Rodrigo José Pereira de Lima (CBF-PE) motivaram protestos por parte dos atleticanos

O Atlético entrou com Notícia de Infração no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o árbitro Rodrigo José Pereira de Lima (CBF-PE). O clube reclama das decisões da arbitragem na derrota de goleada por 4 a 0 para o Palmeiras, na última segunda-feira (17), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi disputado na Arena MRV, em Belo Horizonte.

Algumas decisões da arbitragem no jogo motivaram a reclamação da parte atleticana, mas um lance em específico se destacou: a expulsão do atacante Hulk, após dois cartões amarelos por reclamação, aos 30 minutos do primeiro tempo, quando o Galo perdia por 1 a 0.

A ética desportiva não censura que atletas, se dirijam aos membros de equipe de arbitragem visando externar seus respectivos pontos de vistas. Trata-se tal conduta de um legítimo e correto desdobramento das liberdades de expressão e de pensamento, as quais possuem, inclusive, pela relevância normativa de seus conteúdos, assento constitucional. Assim, o que não se admite em termos de boas práticas disciplinares, é o exercício indevido e abusivo e tais garantias constitucionais, através da implementação de condutas verbais ou gestuais que se apresentem como desrespeitosas, violentas, agressivas e/ou discriminatórias...

Definitivamente, não há como se admitir que cartões sejam utilizados pela arbitragem como instrumento de censura às liberdades de expressão e de pensamento! Trata-se tal expediente de um traço claro de abuso de poder e de autoridade, por parte de quem demonstra desconhecer os fundamentos básicos de nosso Estado Democrático de Direto”, destaca o Galo na NI.

Leia também

Notícia de infração

Para que haja um processo para análise e eventual punição de conduta que não condiz com as normas da Justiça Desportiva, há uma ferramenta chamada ‘Notícia de Infração’, que é levada à Procuradoria.

Se houver entendimento de infração desportiva, o procurador oferecerá denúncia e dará início ao processo. No cenário oposto, quando não há indícios de infração, acontece o arquivamento.

Leia mais:

Atlético sobe o tom e chama árbitro que expulsou Hulk de ‘Wright': ‘Faltou com verdade’
Dublador faz leitura labial de lance em que Hulk, do Atlético, é expulso; vídeo
Rubens Menin critica árbitro por expulsão de Hulk, do Atlético: ‘Motivo de revolta’
Árbitro de Copa do Mundo detona expulsão de Hulk, do Atlético: ‘Não é assim’

Súmula de Rodrigo José Pereira de Lima

Na súmula do duelo Atlético x Palmeiras, o árbitro Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa-PE) justificou os dois cartões amarelos aplicados a Hulk.

Conforme o documento oficial do jogo, divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o árbitro relatou na súmula que, aos 31 minutos do primeiro tempo, Hulk recebeu o primeiro cartão amarelo após dizer “Apita logo, c**".

Já com relação ao segundo amarelo e, consequentemente, o cartão vermelho, Rodrigo José Pereira de Lima relatou que o camisa 7 do Galo o questionou sobre o motivo do cartão e que Hulk ainda o “empurrou com o dedo indicador de forma ofensiva”.

Aos 31 minutos do primeiro tempo, expulsei do campo de jogo com a aplicação do segundo cartão amarelo o sr. Givanildo Vieira Souza, n° 07 da equipe do Atlético Mineiro Saf, após receber cartão amarelo por reclamação, o mesmo partiu em minha direção de maneira acintosa, ficando face a face comigo e gritando de forma desrespeitosa as seguintes palavras: ‘Me diz o porquê do cartão, me diz o porquê’. Após ter sido expulso o mesmo empurra meu rosto com o dedo indicador de forma ofensiva e se negando a sair do campo de jogo. Quando o jogador decidiu deixar o campo de jogo proferiu a seguinte frase em direção ao árbitro: ‘Filho da puta’ com isso a partida ficou paralisada por 03 minutos”.

Ao deixar o campo de jogo, Hulk se dirigiu a uma das câmeras posicionadas no campo de jogo e questionou a decisão da arbitragem.

“Você está gravando? Pergunta por que eu tomei o primeiro amarelo e ele me deu o segundo. Já é a segunda vez que ele me expulsa. Eu coloquei a mão para trás e perguntei por que ele me deu amarelo. Agora, pode pegar câmeras, áudio, tudo. Isso é demais. Isso é impossível”, gritou o atacante.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Mineiro de Formiga, Wellington Campos está na Rádio Itatiaia desde agosto de 1990, atuando como correspondente no Rio de Janeiro, cobrindo o dia-a-dia da CBF, Seleção Brasileira e STJD, além dos clubes cariocas e os esportes olímpicos. Participou das coberturas das Copas do Mundo de 1994 (EUA), 1998 (França), 2002 (Coréia do Sul e Japão), 2006 (Alemanha), 2010 (África do Sul) e 2014 (Brasil).
Leia mais