Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Finalista do BBB 24, Davi foi alvo da casa, quase desistiu e por pouco não foi expulso

Relembre trajetória do motorista de aplicativo que entrou no reality pelo “Puxadinho”

Com 60,94% dos votos, Davi foi um dos escolhidos do “Puxadinho” para entrar no BBB 24 no dia 8 de janeiro, dia em que o reality estreou. A entrada do brother ocorreu no programa ao vivo. O que o motorista de aplicativo talvez não fizesse ideia é de que algumas atitudes dele iriam incomodar outros jogadores, a ponto de ele ser excluído e de quase desistir do jogo por pressão. Dentre elas, os famosos cafés da manhã, chamados ironicamente pelos adversários de “banquetes”.

A primeira grande briga de Davi na casa ocorreu no dia 15 de janeiro, quando ele e Nizam discutiram feio. O motivo? O baiano confrontou o brother sobre o voto em consenso dado a ele no confessionário. Naquela confusão, Davi usou uma expressão homofóbica e foi, posteriormente, repreendido por Isabelle.

Depois, Davi teve um grande embate com Rodriguinho, que começou após o baiano votar nele na primeira formação de Paredão. Após o cantor vencer a segunda Prova do Líder e colocar Davi na “Mira”, o brother decidiu confrontá-lo e deixar claro que ele não era “um jogador forte”. Isso só reforçou a rivalidade entre eles.

Leia também

Além dos desafetos diretos, Davi foi alvo de Wanessa Camargo e Yasmin Brunet, que sempre falavam sobre o brother em rodinhas na casa. O estopim foi a conversa repassada por MC Bin Laden e Lucas de que Davi iria exterminar Camarotes.

Devido à confusão, as sisters foram acusadas de racismo, e Wanessa até chegou a pedir desculpas fora da casa. Porém, depois apagou o vídeo em que assumia ter cometido racismo estrutural contra ele.

A confusão mais recente de Davi envolveu Beatriz. Após o brother chamar a sister de “egoísta” durante o “Sincerão” do dia 8 de abril, os dois tentaram várias vezes uma reconciliação, até que a sister colocou um ponto final na amizade.

Quase desistiu

No dia 11 de fevereiro, quase um mês após o reality, Davi acordou angustiado e manifestou o desejo de desistir do programa em conversa com Isabelle. Naquele dia, a sister ficou bastante agoniada, com medo de que o aliado desistisse do programa.

Ao entrar no confessionário, ele conversou com Boninho, e o áudio vazou no Pay-Per-View. O Big Boss lembrou o que o brother perderia, caso desistisse, incluindo a faculdade de medicina que havia conquistado com a ajuda de Wanessa Camargo.

Quase foi expulso

Após uma briga que se iniciou no Sincerão do dia 11 de março, Davi por pouco não foi expulso. Ele e Leidy Elin acompanhavam a dinâmica, quando começaram a discutir.

Ao fim do programa, Davi chamou a sister de “baixa” e Leidy o acusou de “manipulador”. Depois de algum tempo, ela foi até o quarto Magia e pegou as roupas do motorista de aplicativo, que estavam em uma bolsa, e as jogou na piscina.

O brother cogitou se vingar da sister ao pegar um balde com água, mas desistiu após ser repreendido pela produção.

Outro embate acalorado ocorreu após o Sincerão do dia 25 de março. Davi e MC Bin Laden, por pouco, não colocaram a integridade física um do outro em risco e foram expulsos.

A confusão teve início no momento em que o motorista de aplicativo se aproximou do funkeiro e de Matteus, que estavam discutindo.

O motorista chega a encostar o corpo no funkeiro, e os brothers tentam evitar o pior. Em certo momento, Bin é afastado por Lucas, mas escapa, derruba o professor no chão e, por pouco, não vai para cima de Davi.

Os ânimos só se acalmaram após intervenção do Big Boss. Antes dele, um Dummy, que parece ouvir no ponto algum direcionamento, também tentou intervir.


Participe dos canais da Itatiaia:

Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais