Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

BBB: segundo e terceiro lugares também recebem premiações? Saiba aqui

Nem sempre foi assim. Relembre essa e outras curiosidades do 1º BBB que teve apresentadora demitida por gafes ao vivo e participação da cachorrinha Mole

É bem provável que o valor do prêmio pago ao vencedor do BBB 24, seja o maior da história do programa que teve sua primeira edição em 2002.

Nesta edição, o valor foi aumentado conforme os participantes eram eliminados às terças-feiras quando o eliminado da vez era convidado a girar a roleta de um patrocinador.

Atualmente o valor está em R$ 2,42 milhões, com valor máximo aproximado dos R$ 3 milhões. O último eliminado a girar a roleta, Lucas Henrique, não trouxe sorte porque a roleta parou no zero. Caberá ao eliminado da noite de hoje, dar um “gás” ao valor final do prêmio principal.

O segundo e o terceiro lugares também serão premiados, respectivamente, com R$ 150 mil e o terceiro R$ 50 mil.

No primeiro BBB, em 2002, o prêmio principal era de R$ 500 mil e um carro. O segundo e o terceiro colocados não eram premiados.

Veja outras curiosidades:

  • A atração era apresentada por Pedro Bial e Marisa Orth, mas a atriz foi afastada nas logo nas primeiras semanas após cometer uma série de gafes ao vivo, incluindo divulgar o primeiro eliminado do programa antes da hora.
  • O termo ‘paredão’ foi cunhado pelo participante Adriano logo nos primeiros dias de jogo. Antes disso, a dinâmica era chamada de ‘berlinda’.
  • O BBB 1 contou também com a presença da cachorrinha Mole. Ela entrou na casa poucos dias após o confinamento e logo se apegou a Caetano.
  • O brother foi o primeiro eliminado e Mole foi retirada da casa menos de duas semanas depois, já que com a saída do brother, os outros participantes não se preocupavam em alimentar ou dar água para a pet.
  • Boninho chegou a comentar que “nunca mais cometeria o erro” de colocar um animal na casa. E até agora tem cumprido o prometido.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Maria Teresa Leal é jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica da Comunicação pela PUC Minas. Trabalhou nos jornais ‘Hoje em Dia’ e ‘O Tempo’ e foi analista de comunicação na Federação da Agricultura e Pecuária de MG.



Leia mais