Ouvindo...

Times

Rei Charles III oficializa novo título de William e exclui Harry de discurso

Filho mais novo do rei inglês teria se magoado com a decisão do ex-marido da princesa Diana

O rei Charles III entregou oficialmente, nesta segunda-feira (13), uma nova honraria ao filho mais velho, o príncipe William. A decisão do monarca foi interpretada por especialistas como um sinal de que Harry não é mais considerado bem-vindo pela família real.

No primeiro evento que participam juntos desde 2022, Charles concedeu a William o título de coronel-chefe da Army Air Corps, regimento em que Harry serviu quando atuou no Afeganistão. Pai e filho trocaram sorrisos quando o rei entregou uma boina e um cinto do Esquadrão 662.

Durante o discurso feito diante de um helicóptero Apache, Charles sequer mencionou Harry, que chegou a pilotar a mesma aeronave em duas missões. O rei destacou que se orgulha da proximidade que manteve com a unidade e desejou que eles “se fortaleçam com o príncipe de Gales”, a quem definiu como “excelente piloto”.

O evento foi realizado enquanto Harry e a esposa, Meghan Markle, pousavam no aeroporto de Heathrow, em Londres, após uma viagem para a Nigéria. A expectativa é que o casal viaje de lá até Los Angeles, para se reencontrarem com os filhos, Archie e Lilibeth em Montecito.

Polêmica envolvendo honraria

Algumas horas após a confirmação de que o rei Charles não se encontraria com o filho mais novo durante a visita dele à Inglaterra, o Palácio de Buckingham anunciou que o rei entregaria ao príncipe de Gales, William uma honraria militar. Agora, o marido de Kate Middleton é o coronel-chefe da Army Air Corp., regimento em que o príncipe Harry serviu quando atuou no Afeganistão.

Conforme relatado pelo escritor e especialista da realeza, Tom Quinn, o anúncio de que o príncipe Harry está sendo destituído do cargo de coronel-chefe "é um verdadeiro chute nos dentes para o filho que sempre se sentiu marginalizado e subestimado”. O problema ainda seria agravado pela relação entre os filhos de Diana e Charles já que “Harry vê [William] como a causa de tantos de seus problemas”.

Leia também

Encontro familiar foi evitado por Harry

Harry tinha várias reuniões sobre os Jogos Invictus no início da semana e, na quarta (8), participou de uma Missa de Ação de Graças que marcará o 10º aniversário dos jogos, na Catedral de São Paulo. A expectativa é que ele se encontrasse com Kate Middleton durante a visita, mas o príncipe não teria visto o pai, o rei Charles III.

Charles, que voltou às atividades recentemente, em meio ao tratamento de um tipo de câncer não informado pelo Palácio de Buckingham, tem reuniões na quarta-feira (8) e terá uma audiência semanal com Rishi Sunak, primeiro-ministro britânico. Apesar de querer ver o monarca, que enfrenta um câncer, Harry entende a agenda de compromissos e prioridades do pai e espera vê-lo em breve, informou o porta-voz.

A última vez que Harry se encontrou com Charles foi logo depois que o monarca foi diagnosticado com câncer e iniciou o tratamento regular. Depois dos três dias em Londres, Harry viajou para a Nigéria, onde se encontrou com a esposa, Meghan Markle.

Diagnóstico de Charles

O Palácio de Buckingham anunciou em fevereiro deste ano que o rei Charles III foi diagnosticado com um câncer. O local, no entanto, não foi informado. A Família Real optou por comunicar o diagnóstico para “prevenir a especulação” envolvendo a saúde do monarca e a linha de sucessão.

Durante o evento, o pai de Harry e William revelou que perdeu o paladar durante a quimioterapia. Não se sabe qual o tipo de câncer que acometeu o rei, e também não há mais detalhes sobre o tratamento.


Participe dos canais da Itatiaia:

Maria Clara Lacerda é jornalista formada pela PUC Minas e apaixonada por contar histórias. Na Rádio de Minas desde 2021, é repórter de entretenimento, com foco em cultura pop e gastronomia.


Leia mais