Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Câmara dos Deputados aprova criação da Bancada Negra

Parlamentares aprovaram nesta quarta-feira (1º) a criação da primeira bancada negra na Câmara; projeto de resolução começou a tramitar em outubro

Projeto de Resolução para criação da bancada negra foi proposto pelos deputados Talíria Petrone (foto) e Damião Feliciano

Projeto de Resolução para criação da bancada negra foi proposto pelos deputados Talíria Petrone

Zeca Ribeiro | Câmara dos Deputados

A 19 dias do Dia da Consciência Negra, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (1º), a criação da Bancada Negra, e nela estarão os parlamentares autodeclarados negros no registro da candidatura — são 31 pretos, segundo o relatório de Antônio Brito (PSD-BA), e 91 pardos. O Projeto de Resolução que permitiu a criação da nova bancada é de autoria da deputada Talíria Petrone (Psol-RJ) e do deputado Damião Feliciano (União Brasil-PB) e tramita na Casa desde 24 de outubro.

Formalmente, a bancada será composta por uma coordenação-geral e três vice-coordenadorias. Com a criação do grupo, a liderança da bancada poderá participar das reuniões com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e terá direito aos cinco minutos dedicados às comunicações no plenário da Câmara.

A criação da Bancada Negra foi dedicada à deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), 81, que cumpre seu terceiro mandato seguido na Casa, o quarto ao longo da carreira política iniciada na Câmara dos Deputados em 1987. “Eu nem sei se eu consigo falar”, começou a discursar emocionada. “Viver 81 anos e ter dedicado a maior parte da minha vida à política, nesse momento me sinto recompensada. Agora eu tenho uma bancada. Agora eu tenho uma frente que vai dar continuidade a uma luta de séculos”, disse. “A questão não foi partidária e não deve ser partidária. É apenas reconhecer o protagonismo da população e que iremos proporcionar o protagonismo da maioria da população brasileira sem excluir as demais”, concluiu a decana.

Repórter de política em Brasília. Na Itatiaia desde 2021, foi chefe de reportagem do portal e produziu série especial sobre alimentação escolar financiada pela Jeduca. Antes, repórter de Cidades em O Tempo. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Leia mais