Ouça a rádio

Compartilhe

Bernie Ecclestone é preso em SP por porte ilegal de armas

Após pagar R$6 mil de fiança, seguiu para Suíça

Ecclestone deixou o comando da Fórmula 1 em 2017

Bernie Ecclestone (91), ex-CEO da Fórmula 1, foi preso em flagrante no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, após as autoridades encontrarem uma arma em sua bagagem.

A arma, de calibre 32, não possuía documentação regularizada e foi identificada por raio-x dentro de sua mala, dentro do bolso de uma camisa. Após pagamento de fiança no valor de R$6 mil, Bernie foi liberado.

"O conduzido alegou ser proprietário da arma, de forma irregular, mas alegou não ter conhecimento que estava em sua bagagem pessoal", disse a Polícia Civil em nota.

De acordo com informações, Bernie foi colocado em liberdade provisória e seguiu seu destino para a Suíça, junto com sua esposa, Fabiana Ecclestone, em voo particular. A Polícia Civil abriu investigação do caso.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido