Ouvindo...

Times

Vida em primeiro lugar

A promoção e defesa da vida humana devem ser prioridade sempre

Saúde e paz!

A promoção e defesa da vida humana devem ser prioridade sempre, principalmente para os cristãos. Foi o Mestre Jesus, em passagem narrada por São João Evangelista, que disse: “Eu vim para que todos tenham vida. E tenham vida em abundância”. Os discípulos de Jesus devem zelar para que cada ser humano, especialmente os pobres e indefesos, sejam respeitados no direito fundamental à vida. Por isso mesmo, os cristãos se opõem a qualquer tentativa de flexibilização do aborto.

O aborto é um crime contra a vida de um ser humano, totalmente frágil, totalmente necessitado de atenção e cuidado. Todas as justificativas apresentadas pelos que buscam flexibilizar o aborto caem quando se considera esta verdade: a vida humana surge na concepção. É preciso, pois, defendê-la desde a concepção até a morte natural. É verdade que muitas gestantes enfrentam graves dificuldades, carecem do necessário acolhimento e apoio. Mas realidade não deve motivar a flexibilização do aborto. Ao contrário: seja protegida a vida da gestante, da criança em seu ventre, com adequadas políticas públicas, capazes de vencer cenários de exclusão e de pobreza.

Vida em primeiro lugar! Todos tenham direito à vida, e vida em abundância.

Fraterno abraço

O Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidiu a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e publica semanalmente aos sábados no Portal Itatiaia.
Leia mais