Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Anatel vai liberar sinal 5G para mais 347 municípios

No total, a agência já liberou até o momento 487 municípios para ativação do 5G ‘puro’ (standalone)

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai liberar mais 347 municípios para receberem o sinal 5G no País - a maior parcela é de cidades com menos de 30 mil habitantes. De acordo com o órgão, a partir do próximo dia 27, as operadoras que adquiriram lotes na faixa de 3,5 GHz no leilão do 5G poderão solicitar à Anatel o licenciamento e ativação de estações nessas localidades, que alcançam 19,5 milhões de brasileiros - o que corresponde a 9,1% da população.

No total, a agência já liberou até o momento 487 municípios para ativação do 5G ‘puro’ (standalone). Essas cidades têm 86 milhões de moradores, representando 40% da população. Todas as capitais já contam com a tecnologia e, de acordo com o edital do leilão, os próximos municípios que devem ser atendidos são aqueles com mais de 500 mil habitantes.

O avanço da limpeza do sinal pelo país, contudo, tem permitido a Anatel antecipar o cronograma de liberação do 5G em cidades menores - a ativação da tecnologia antes do prazo final, contudo acontece caso haja interesse das operadoras. Por exemplo, entre as novas 347 cidades liberadas, 177 têm menos de 30 mil habitantes; 111 municípios contam com 30 mil a 100 mil moradores; 37 cidades têm entre 100 mil e 200 mil habitantes; e, por fim, 22 delas têm população acima de 200 mil.

A Entidade Administradora da Faixa (EAF), que reúne as operadoras, é a parte responsável por fazer a limpeza de sinal nas cidades. Somente após essa etapa, a Anatel pode verificar e constatar a possibilidade de o 5G ser ativado nos municípios, sem que cause interferência a outros serviços. Uma vez que, pelo cronograma oficial, as empresas ainda não têm obrigação de oferecer a tecnologia em municípios menores, a ativação do sinal nessas cidades depende do interesse comercial das teles.

Pelas regras em vigor, as empresas têm até 31 de julho de 2025 para implantar o 5G nos municípios com população igual ou superior a 500 mil habitantes, e até 31 de julho de 2026 para atender as cidades com população igual ou superior a 200 mil habitantes. Um ano depois, precisam estar contemplados os municípios que têm a partir de 100 mil moradores. O cronograma do restante das cidades vai até 2029.

Acompanhe as últimas notícias produzidas pelo Estadão Conteúdo, publicadas na Itatiaia.
Leia mais