Ouvindo...

Times

Empresa terá que pagar R$ 20 mil para passageira que sofreu acidente em ônibus

Motorista fechou porta antes da mulher desembarcar completamente do coletivo

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) condenou uma empresa de ônibus a indenizar em mais de R$20 mil uma passageira que ficou presa ao descer do coletivo. O acidente foi em 11 de junho de 2018, em Juiz de Fora, na Zona da Mata.

Segundo o processo, o motorista teria fechado a porta antes que passageira desembarcasse completamente. O pé da mulher ficou preso e ela teve que passar por cirurgia.

O condutor alegou que não viu a passageira e a levou no hospital para atendimento, após completar o trajeto.

O juiz Edson Geraldo Ladeira, da 7ª Vara Cível da Comarca de Juiz de Fora, condenou a companhia de acordo com o laudo pericial que constatou cicatriz de 15 cm, da perna até o calcanhar, e redução nos movimentos do tornozelo esquerdo, “o que configura déficit funcional definitivo permanente”.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais