Ouvindo...

Times

Campeã olímpica, Rafaela Silva tem vaga para Paris 2024 ameaçada

Atleta da Sogipa, Jéssica Lima faz boas campanhas e ocupa 10ª colocação no ranking olímpico

Medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e bicampeã mundial, Rafaela Silva ainda não está garantida em Paris 2024. A disputa interna com Jéssica Lima pela vaga brasileira para a categoria até 57kg se acirrou nos últimos meses.

A primeira edição do Panorama Olímpico aborda essa situação envolvendo duas brasileiras que ainda sonham com uma vaga no maior evento esportivo do mundo.

Neste momento, Rafaela Silva é a nona colocada no ranking olímpico da categoria até 57 kg. Após o vice-campeonato no Grand Slam de Antalya, na Turquia, Jéssica Lima pulou para a décima colocação. A diferença entre as duas é de apenas 207 pontos neste momento.

Escolha da Confederação

Cada país só pode levar um atleta por categoria para os Jogos Olímpicos. No caso de dois atletas dentro da zona de classificação, a escolha cabe às confederações locais.

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) tende a privilegiar atletas que estejam em posição para entrar em Paris 2024 como cabeça-de-chave. É o caso de Rafaela Silva neste momento, já que uma das canadenses do top 8 não poderá competir.

O que pesa a favor de Jéssica Lima é o bom momento. A atleta da Sogipa foi medalhista de prata nos Grand Slams de Antalya e Tóquio. Rafaela Silva foi bronze em Tbilisi, quando foi derrotada pela própria Jéssica Lima nas fases iniciais.

Futuro

A não ser que uma das atletas tenha queda ou crescimento acentuado nos próximos meses, a CBJ terá uma importante decisão a tomar. Em situação parecida, a entidade levou Maria Suelen Altheman em detrimento de Beatriz Souza para Tóquio. O currículo mais recheado e a experiência pesaram na última decisão.

Até os Jogos Olímpicos de Paris, as atletas ainda vão disputar o Mundial de Judô nos Emirados Árabes Unidos. Ainda haverá outras etapas de Grand Slam. Títulos ou boas campanhas podem ser determinantes.

A escolha da CBJ tem que ser oficializada até junho, quando os atletas serão inscritos nos Jogos Olímpicos de Paris. O judô será disputado na Arena Campo de Marte, próximo à Torre Eiffel.

Panorama Olímpico

A partir de abril, a Itatiaia intensifica em todas as suas plataformas a cobertura dos Jogos Olímpicos de Paris. A Itatiaia é o único veículo mineiro com diretos de transmissão do maior evento esportivo do mundo.

O Panorama Olímpico é um dos produtos preparados para a Olimpíada. Em textos para o portal e vídeos para as plataformas digitais, o espaço será dedicado para notícias sobre atletas brasileiro que se preparam para os Jogos Olímpicos.

A coluna vai explorar resultados importantes, classificações, análises do desempenho dos favoritos a medalha e outras curiosidades sobre o Paris 2024.

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Hugo Lobão é repórter multimídia do portal Itatiaia Esporte. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, passou por Hoje Em Dia, Record e Globo Esporte. Amante de esportes olímpicos.
Leia mais