Ouvindo...

Times

Pesquisa mostra que 15% dos torcedores dizem já ter feito apostas esportivas online

Percentual de apostadores é maior entre homens e diminui conforme avanço da faixa etária

As apostas esportivas são realidade cada vez maior no Brasil. Dos entrevistados na pesquisa CNN/Itatiaia/Quaest no “Maior Raio-X do Torcedor”, 15% afirmaram já ter feito apostas online, em panorama crescente quando se considera ainda a idade dos torcedores.

Quanto mais jovem é o torcedor, maior é a presença nesse cenário. Dos entrevistados de 16 a 30 anos, 25% já apostaram; enquanto o percentual é de 16% de 31 a 50 anos; e de apenas 7% para pessoas com 51 anos ou mais.

A diferença também é importante no que diz respeito ao gênero do entrevistado. Isso porque, dentre os homens, 22% disseram já ter feito apostas, contra apenas 9% das mulheres.

Leia também

Variação de renda não é grande diferencial

Conforme dados da pesquisa, as questões financeiras não são grande empecilho para os entrevistados fazerem apostas online. Para quem recebe até dois salários mínimos, 13% já apostaram; além de 16% dentre os que recebem de dois a cinco salários mínimos; e 17% entre os torcedores que recebem cinco salários mínimos ou mais.

Sites de aposta deveriam patrocinar os times?

Nos últimos tempos, as polêmicas internacionais envolvendo sites de aposta afetaram a opinião dos torcedores sobre a presença das empresas no esporte. Em 2023, 66% dos entrevistados disseram que não havia problema nessa relação, percentual que caiu para 59% em 2024.

Além disso, os mais jovens são os mais favoráveis aos patrocínios dos sites de aposta. Dos entrevistados de 16 a 30 anos, 67% são favoráveis; além de 59% dos 31 aos 50 anos; e 49% com 51 anos ou mais.

Metodologia da pesquisa

A pesquisa O Maior Raio-X do Torcedor ouviu 6.373 pessoas no total, sendo 5.023 entrevistas aprofundadas com torcedores de 278 cidades e 714 jovens de 7 a 15 anos. A coleta foi realizada entre 27 de abril e 1º de maio de 2024, por meio de entrevistas face a face com questionários estruturados.

A margem de erro estimada é de 1,4 ponto percentual, com nível de confiabilidade de 95%.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Leia mais