Ouvindo...

Times

Com câncer, Rei Charles faz confissão emocionante a Camilla em seu aniversário

Monarca desfilou em carruagem, ao invés de cavalo, abrindo mão da tradição por causa da doença

Rei Charles III participou do tradicional desfile Trooping the Colour de carruagem, ao invés de cavalo, devido ao diagnóstico de câncer. As comemorações marcam o aniversário do monarca e a mudança ocorre após recomendação médica. Ao lado de Camilla, Charles fez uma confissão emocionante.

O monarca deixou o Palácio de Buckingham para o evento em uma carruagem ao lado da rainha Camilla nesta manhã. Charles sorriu e acenou para a multidão no The Mall, enquanto chovia em Londres. Apesar disso, ele se recusou a baixar a cabeça.

O casal foi visto conversando enquanto fazia o tradicional desfile. Ao The Mirror, a leitora labial Nicola Hinckley conseguiu entender parte da conversa. Na ocasião, Charles confessava: “Oh, querida, não sei por que estou tão choroso”.

A princesa Kate Middleton, de 42 anos, aparecia logo atrás em uma carruagem com seus três filhos, George, Charlotte e Louis. Esta foi a primeira aparição pública dela depois do diagnóstico de câncer.

Leia também

Fãs mostram preocupação com Charles

Durante a saudação à tropa, fãs de Charles demonstraram preocupação ao ver o rei na chuva. “Por que o rei está na chuva, ficando com frio ???”, questionou uma pessoa no X, antigo Twitter.

“Ele vai pegar pneumonia!!! Coloque-o para dentro”, afirmou outra. Uma pessoa disse que alguém “poderia ter conseguido uma posição coberta para ele”.

Diagnósticos de câncer

Em 17 janeiro, o Palácio de Buckingham destacou que o rei Charles esteve em uma clínica de Londres para um “procedimento corretivo” devido ao aumento benigno da próstata. Ele descobriu o tumor após um check-up enquanto estava em sua residência em Birkhall, em Aberdeenshire, na Escócia.

Charles ficou internado por três dias na unidade de saúde e recebeu alta no dia 29 daquele mês. À época, foi informado que ele “estava bem”, e que Kate Middleton passou por uma cirurgia abdominal bem-sucedida. A princesa foi liberada e, posteriormente, o monarca deixou a unidade.

Durante o tratamento, foi identificada “uma forma de câncer” e, por isso, o rei recebe cuidados desde então.

No dia 30 de abril, ele retornou à vida pública, conforme divulgou o Palácio de Buckingham. “Os próximos compromissos serão adaptados quando necessário para minimizar quaisquer riscos à recuperação contínua de Sua Majestade”, destacou o texto.

Kate, após a cirurgia, passou por exames pós-operatórios que confirmaram a presença de células cancerígenas. O diagnóstico foi revelado em março, época em que ela falou também que passa por quimioterapia preventiva.

“Para todos os que enfrentam esta doença, seja qual for a sua forma, por favor não percam a fé ou a esperança. Vocês não estão sozinhos”, disse a princesa. À época, um porta-voz do Palácio de Kensington disse à imprensa britânica que a “princesa está focada em seu tratamento e sua recuperação completa”.


Participe dos canais da Itatiaia:

Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais