Ouvindo...

Times

Príncipe Harry está ‘destruindo’ relações com a Família Real após esnobar rei Charles III, diz jornalista

Marido de Meghan Markle teria negado convite de encontro com o pai, durante viagem para a Inglaterra, quando o rei teria oferecido

O filho mais novo do rei Charles III, príncipe Harry, teria negado um convite do monarca para ficar no Palácio St. James durante uma viagem à Inglaterra para os Jogos Invictus. Um jornalista australiano relatou que a ação do príncipe é mais um exemplo de como ele tem “destruído” relações com os familiares.

O duque de Sussex esteve em Londres na semana de 8 de março, quando teve alguns compromissos relacionados às comemorações de 10 anos do Invictus. Na ocasião, foi noticiado que o rei Charles III teria negado se encontrar com o filho mais novo. Entretanto, fontes próximas à família real afirmam que Harry foi quem negou.

O apresentador da Sky News Australia, James Macpherson, criticou a ação do príncipe. “Harry fez [a viagem] ser sobre o pai não querer vê-lo quando, na verdade, ele havia oferecido que Harry ficasse na residência real (Palácio de St. James). Esse é outro exemplo de Harry queimando todas as pontes”, apontou sobre a situação.

Leia também

Encontro familiar foi evitado

Harry tinha várias reuniões sobre os Jogos Invictus no início da semana e, na quarta-feira (8), participou de uma Missa de Ação de Graças que marca o 10º aniversário dos jogos, na Catedral de São Paulo. A expectativa é que ele se encontrasse com Kate Middleton durante a visita, mas o príncipe não teria visto o pai, o rei Charles III.

Charles, que voltou às atividades recentemente, em meio ao tratamento de um tipo de câncer não informado pelo Palácio de Buckingham, tem reuniões na quarta-feira (8) e terá uma audiência semanal com Rishi Sunak, primeiro-ministro britânico. Apesar de querer ver o monarca, que enfrenta um câncer, Harry entende a agenda de compromissos e prioridades do pai e espera vê-lo em breve, informou o porta-voz.

A última vez que Harry se encontrou com Charles foi logo depois que o monarca foi diagnosticado com câncer e iniciou o tratamento regular. Depois dos três dias em Londres, Harry viajou para a Nigéria, onde se encontrou com a esposa, Meghan Markle.

Diagnóstico de Charles

O Palácio de Buckingham anunciou em fevereiro deste ano que o rei Charles III foi diagnosticado com um câncer. O local, no entanto, não foi informado. A Família Real optou por comunicar o diagnóstico para “prevenir a especulação” envolvendo a saúde do monarca e a linha de sucessão.

Durante o evento, o pai de Harry e William revelou que perdeu o paladar durante a quimioterapia. Não se sabe qual o tipo de câncer que acometeu o rei, e também não há mais detalhes sobre o tratamento.


Participe dos canais da Itatiaia:

Maria Clara Lacerda é jornalista formada pela PUC Minas e apaixonada por contar histórias. Na Rádio de Minas desde 2021, é repórter de entretenimento, com foco em cultura pop e gastronomia.


Leia mais