Ouvindo...

Times

Público reage após vídeo de Faustão em hospital: ‘impossível não chorar’

Apresentador deixou público emocionado após primeira aparição em vídeo nessa quinta-feira (31)

O relato de Faustão, de 73 anos, direto do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde segue internado, deixou o público bastante emocionado. O apresentador apareceu pela primeira vez após o transplante de coração nessa quinta-feira (31), agradeceu ao público e, principalmente, a família do doador do órgão.

Falando ainda com dificuldade devido à sedação, o apresentador explicou que está se recuperando e, apenas no terceiro dia operado, já conseguiu caminhar pela unidade.

“Não sinto nada, nenhuma dor, estou completamente recuperado... para que todo mundo tenha a certeza, porque é o transplante. Pra vocês terem ideia, dos 200 e tantos transplantes, 60 pessoas esperaram menos de um mês. Eu dei sorte também nesta fila”, contou.

Na ocasião, ele agradeceu a família do doador - momento que ficou nitidamente emocionado. “Fazer um agradecimento especial ao José Pereira da Silva, pai do Fábio, que teve uma grandiosidade incrível, uma generosidade absurda e proporcionou que eu continuasse vivo. Eternamente grato. Um homem simples. Eu fico emocionado, porque ele meu deu a chance de viver de novo”, iniciou.

“Agradecer ao Wellington, irmão do Fábio, Jaqueline, a viúva, esses que eu tenho que agradecer. Essas pessoas mais humildes, que, quando eu precisei, me deram um coração novo”, acrescentou.

Nas redes sociais, as palavras do apresentador causaram bastante comoção. “Impossível não chorar com isso aqui”, disse uma pessoa. “Quem quiser chorar pode. Eu chorei. Que felicidade ver o Faustão assim, e que história bonita e Viva o Sus”, afirmou outra.

Um internauta escreveu: “Quem não tá chorando com esse vídeo nem alma tem. Toda felicidade à família Silva que doou os órgãos desse jovem de 35 anos, gente que em um momento de dor pensou no próximo. E toda saúde do mundo ao Faustão! Sejam doadores de órgãos! Conversem sobre isso com seus familiares.”.

“Fausto Silva, em depoimento emocionado, emocionante e potente e agradece ao doador e sua família, mostra o benefício do transplante, exalta o SUS e chama o povo brasileiro a melhorar a doação de órgãos no Brasil. Em nome dos pacientes e trabalhadores do SUS, obrigado Faustão!”, comentou outro.

Leia também:

Entenda

Internado desde o dia 5 de agosto com insuficiência cardíaca, Faustão acabou apresentando piora no quadro e, por isso, precisou entrar na fila de transplante de coração do SUS. O procedimento foi feito no dia 27 de agosto, domingo passado, seguindo a ordem prioritária da Secretaria Nacional de Transplantes - o apresentador era o segundo da fila e só pôde fazer a cirurgia após recusa do primeiro.

O doador era um jogador de futebol, de 35 anos, que morreu no sábado após Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele residia em Santos, no litoral de São Paulo. O órgão foi transportado de helicóptero até a capital paulista.

Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais