Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Faustão tem piora e precisará de transplante de coração, informa hospital

O apresentador foi incluído na fila única para o transplante, regulada pelo SUS de acordo com o estado do paciente

O apresentador Fausto Silva, internado desde o início de agosto por insuficiência cardíaca, apresentou piora no quadro e foi indicado para uma transplante cardíaco, conforme nota do Hospital Israelita Albert Einstein.

Segundo a instituição, o artista foi incluído na fila única de transplantes, regida pela Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo, que avalia a gravidade do caso, tipo sanguíneo e tempo de espera para definir a prioridade do procedimento.

Leia também:

Faustão está fora da TV após ter deixado a Band de forma oficial em junho. A emissora deve exibir, nas próximas semanas, uma edição inédita do programa “Faustão na Band” com participação de toda família Silva, incluindo os filhos Lara, Rodrigo e João Guilherme.

O que é insuficiência cardíaca?

O cardiologista Estêvão Lanna Figueiredo, assessor de pesquisa da Sociedade Mineira de Cardiologia e especialista em insuficiência cardíaca, é quem explica mais sobre doença.

Figueiredo esclarece que insuficiência cárdica é uma condição em que o coração entra em falência e deixa de cumprir às necessidades que se espera dele, principalmente, em bombear o sangue forma adequada. “Insuficiência cardíaca pode ser dividida em duas grandes categorias, a sistólica e a diastólica. A sistólica é quando o coração não consegue contrair adequadamente, já a diastólica é quando ele contraí adequadamente, mas não relaxa adequadamente - o que faz o sangue não ser distribuído para o corpo”, diz o profissional.

Entre as causas que levam a insuficiência cardíaca Sistólica, o cardiologista aponta:

  • Infarto;

  • Infarto não tratado adequadamente;

  • Hipertensão arterial (pressão alta);

  • Doença de Chagas.

  • Miocardites (Inflamações no coração que podem ser causadas por vírus, como Covid-19, ou por toxinas, contraídas pelo uso de drogas, como álcool e cocaína. Entre as miocardites causadas por toxinas, também há aquelas que acontecem em decorrência de tratamentos quimioterápicos)

Sintomas

O médico do Hospital Orizonti, localizado na Capital mineira, também esclarece os principais sintomas da doença. “Cansaço desproporcional em atividades usuais, diminuição do rendimento em atividades cotidianas, falta de ar, em especial, a falta de ar em repouso. Outro sintoma muito comum é a tosse sem que o sujeito esteja gripado, tosse noturna, inchaço nas duas pernas, ganho desproporcional de peso e retenção de líquido”, aponta.

Para Figueiredo, a insuficiência é como se fosse um câncer no coração. “Se você somar todos os tipos de câncer, dos mais comuns aos mais raros, acontecem 150 mil mortes ao ano. Enquanto a insuficiência cárdica mata 350 mil pessoas no Brasil. É uma doença com alta mortalidade e faz o sujeito ser internado várias vezes e, em geral, a cada internação o quadro clínico é mais grave”, informou à Itatiaia.

Formado em Jornalismo pelo UniBH, em 2022, foi repórter de cidades na Itatiaia e atualmente é editor dos canais de YouTube da empresa.
Leia mais