Ouça a rádio

Compartilhe

Ciro sobre Datafolha: 'Nessa época em 2018 ninguém imaginava Bolsonaro ou Zema eleitos'

“Pesquisa é retrato e a vida é filme", afirma candidato otimista com eleições

Itatiaia dá sequência a entrevistas com pré-candidatos à Presidência

Pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes avaliou que os eleitores brasileiros ainda não entraram no clima eleitoral e comparou o cenário deste ano com o de 2018, quando Romeu Zema (Novo) surpreendeu nas últimas semanas de campanha e venceu a disputa.

Em entrevista exclusiva à Itatiaia na manhã desta sexta-feira (24), Ciro afirmou que, apesar de não conseguir crescer nas pesquisas de intenção de voto, até outubro terá tempo para quebrar o clima de polarização entre petistas e bolsonaristas.

“Pesquisa é retrato e a vida é filme. O povo mineiro dá o testemunho fácil sobre isso. Nessa época nas eleições de 2018, ninguém acreditava que o Bolsonaro venceria a eleição, mas mais surpreendente ainda é que ninguém imaginava que o Zema ganhasse as eleições ou que Dilma ficasse em 4º lugar na disputa pelo senado”, afirmou Ciro Gomes.

Na pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira (23), o pré-candidato do PDT aparece em terceiro lugar, com 8% das intenções de voto. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 47%, e, em segundo lugar, aparece o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), com 28%.

“O retrato revela uma polarização, muito calorosa, ideologizada, marcada pelo ódio e paixões. Eu sou o oposto, tenho tentado salvar o Brasil desse ambiente de desagregação nacional, que famílias estão brigando, amizades se desfazendo”, analisou Ciro.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store