Ouça a rádio

Compartilhe

PlayStation 5 apresenta cintilação e até burn-in em telas quando o VRR é usado

Ainda não há correção para o defeito, mas nem todas as unidades são afetadas

Algumas unidades do PS5 têm defeito que está sendo relacionado a atualização

A sincronização da taxa de atualização variável (VRR), que atualiza os quadros para apresentar imagens com alto desempenho de renderização e reduzir o travamento, do PlayStation 5 tem apresentado cintilação temporária e até burn-in — uma espécie de carimbo da imagem exibida anteriormente — em telas. A informação é do site japonês jisakuhibi.

Aparentemente, a falha está relacionada à atualização mais recente do sistema. Ainda não há formas de corrigi-la, mas nem todas as unidades do console têm apresentado o defeito. Por enquanto, a recomendação é a desativação do VRR antes de atualizar o firmware.

Há relatos de que até o monitor gamer da Sony, o Inzone M9, é afetado pela falha. Para testar a ocorrência do erro, é preciso selecionar “loyalty (image quality first)” ou “performance RT” e jogar por alguns minutos.

Se a cintilação ocorrer enquanto o VRR estiver ativo, os sintomas não vão melhorar mesmo que se abandone o jogor ou inicialize as configurações OSD do monitor. É necessário ligar a tela com o VRR desligado para que o erro deixe de aparecer com o tempo.

Além disso, quando a cintilação aparecer, ela vai persistir mesmo que o jogador altere a entrada de vídeo para o DisplayPort do Windows (com o VRR sync desativado). O tempo de cintilação depende da taxa de atualização da tela e pode levar ao burn-in.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store