Ouça a rádio

Compartilhe

‘Se quiser falar sobre Mineirão precisa marcar comigo e não com Zema’, dispara diretor do estádio a Ronaldo

Fenômeno deseja que Cruzeiro tenha um lucro maior nos jogos disputados no Gigante da Pampulha

Ronaldo foi criticado por diretor do Mineirão por encontro com Zema para conversar sobre melhores condições no estádio

O diretor comercial do Mineirão, Samuel Lloyd, ficou incomodado com o motivo da reunião entre Ronaldo, sócio majoritário do Cruzeiro, e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo). Segundo informações apuradas pela Itatiaia com um interlocutor do governo mineiro, a conversa de Fenômeno com o Chefe de Estado acontecerá por um melhor tratamento dos gestores do estádio com o clube celeste.

Em postagem no Instagram, Samuel Lloyd mandou o recado para o Fenômeno. “Querido Ronaldo Fenômeno, se quiser falar sobre administração do Mineirão precisa marcar comigo e não com o Romeu Zema. Nós estamos no Brasil e não na Venezuela. Esse país que eu amo respeita as leis, licitações e contratos. Até 2037, pelo menos, essa gestão é da Minas Arena, empresa que represento com muito orgulho e dedicação e é referência em gestão de estádio no Brasil”, escreveu o diretor.

Ronaldo aproveitou a visita que fará a Belo Horizonte nesta semana – na quinta-feira (16), o Fenômeno estará no Mineirão para assistir à partida entre Cruzeiro e Ponte Preta, pela Série B – para marcar o encontro com Zema.

O Fenômeno deseja maior protagonismo no estádio, que tem muito lucro sem repasses ao clube em jogos da Raposa. Inclusive, Ronaldo chegou a reclamar disso no mês de abril, em uma live no seu canal, na Twitch.

"A gente quer jogar no Mineirão, mas a gente quer a renda do nosso espetáculo, do nosso jogo. Só que eles venderam todos os camarotes para este ano. Bom, mas eles venderam os camarotes, e se a gente não joga lá? Quem comprou o camarote vai ter o quê? A gente quer participar do lucro dos camarotes", disse Ronaldo.

Ainda de acordo com apurações da reportagem, Ronaldo quer maior proximidade com a gestão do Mineirão. E isso, quem sabe, possa incluir um papo por uma possível gestão compartilhada entre Minas Arena e o Cruzeiro.

Outro detalhe que tem sido motivo de conversas nos bastidores do Cruzeiro é o fato de a atual administradora do Gigante da Pampulha priorizar eventos aos jogos do clube. Isso tem sido um incômodo para a diretoria da SAF cruzeirense.

Além de Ronaldo e Romeu Zema, o secretário de infraestrutura e mobilidade de Minas Gerais, Fernando Marcato, também participará da reunião no gabinete do governador.

“O estádio está concedido pela parceria público privada (PPP) e o governo não pode interferir nestas questões. O que pode haver é um posicionamento político do governador com a Minas Arena, para ponderar a relação da administradora com o clube", disse uma fonte à Itatiaia.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido