Ouça a rádio

Compartilhe

Parentes e amigos se despedem de motorista morto por delegado em Belo Horizonte

Policial Rafael Horácio, autor do disparo fatal, foi ouvido e liberado 

Anderson Melo, de 44 anos, foi morto pelo delegado

O corpo do motorista Anderson Melo, de 44 anos, morto pelo delegado Rafael Horácio após uma briga de trânsito, será enterrado na tarde desta quinta-feira (28), em Ibirité, na Grande BH. O policial, lotado no Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc), da Polícia Civil, foi ouvido e liberado.

O velório ocorre em uma igreja evangélica do bairro Santa Terezinha, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. O enterro está previsto para 15h.

Anderson Melo morreu após ser baleado no pescoço na avenida do Contorno, região do Barro Preto, em Belo Horizonte.

O motorista dirigia um caminhão reboque quando se envolveu em uma discussão com o delegado, que estava em uma viatura descaracterizada.

De acordo com o boletim de ocorrência, o motorista do caminhão teria fechado o carro de passeio e, ao ser advertido, bateu na traseira do veículo viatura.

O delegado afirma ainda que saiu do carro, se identificou como policial, mas Anderson teria acelerado o caminhão. Nesse momento, o delegado atirou no para-brisa do caminhão, acertando o pescoço do motorista. Anderson chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu. A versão do delegado é contestada por parentes e amigos de Anderson, uma vez que ele era uma pessoa calma e sem histórico de agressividade.

Em nota, a assessoria de comunicação da Policia Civil informa que a Corregedoria investiga o crime.

Ainda segundo a Polícia Civil, logo após o ocorrido, o delegado se apresentou espontaneamente às autoridades, confessando ser o autor do disparo, e teve a arma de fogo apreendida.

Durante as declarações, o delegado alegou ter agido em legítima defesa.

Após depoimento das testemunhas, a autoridade policial responsável pelo inquérito liberou o autor, já que conforme a polícia, não houve elementos jurídicos para a prisão do delegado autor do disparo.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store