Ouça a rádio

Compartilhe

Zema lamenta nova tragédia no Anel Rodoviário e sinaliza leilão do Rodoanel em julho

Governador afirmou que "a omissão de décadas e a falta de planejamento fizeram mais vítimas ontem em um grave acidente"

Cenário após o acidente era de total destruição no trecho do Anel

O governador Romeu Zema (Novo) foi às redes sociais neste sábado (11) e fez duras críticas no contexto da morte de duas pessoas em mais uma tragédia no Anel Rodoviário de Belo Horizonte. Na noite dessa sexta (10), quatro caminhões e cinco carros se envolveram em um acidente na altura do bairro Betânia, região Oeste da capital, no sentido Vitória. É o segundo acidente no trecho em uma semana.

"A omissão de décadas e a falta de planejamento fizeram mais vítimas ontem em um grave acidente no Anel Rodoviário de BH. Isso precisa mudar, e vai", publicou Zema.

Na sequência, o governador citou ainda as obras do Rodoanel Metropolitano, projeto que se estende por meses e que pode sair do papel ainda neste ano. Segundo Zema, o leilão das obras está previsto para 28 de julho, "se não houver mais quem atrapalhe".

A omissão de décadas e a falta de planejamento fizeram mais vítimas ontem em um grave acidente no Anel Rodoviário de BH. Isso precisa mudar, e vai. O Novo Rodoanel Metropolitano facilitará o trânsito, salvando vidas.

— Romeu Zema (@RomeuZema) June 11, 2022

As vítimas dessa sexta eram Douglas Ferreira de Castilho, de 52 anos, e Paulo Silva, de 61. Douglas era presidente da quadrilha "Pé Rachado", um dos grupos juninos de Belo Horizonte, enquanto Paulo era dono da Domínio Público Agencia de Comunicação, localizada na região do Vale do Sereno, em Nova Lima, na Grande BH.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido