Ouça a rádio

Compartilhe

Dono de agência de publicidade e de quadrilha Pé Rachado morreram em batida no Anel Rodoviário

Gravíssimo acidente ocorreu na altura do bairro Betânia e deixou seis feridos 

Douglas Ferreira de Castilho, de 52 anos, conhecido como Tuca, morreu no grave acidente

As duas vítimas do grave acidente no Anel Rodoviário envolvendo oito veículos na noite dessa sexta-feira são Douglas Ferreira de Castilho, de 52 anos, e Paulo Silva, de 61. Outras seis pessoas ficaram feridas na batida entre quatro caminhões e quatro carros na altura do bairro Betânia, na região Oeste de Belo Horizonte.

Paulo Silva é publicitário e era dono da Domínio Público Agencia de Comunicação, localizada na região do Vale do Sereno, em Nova Lima, na Grande BH. A Polícia Militar (PM) confirmou que o nome dele consta no boletim de ocorrência como um dos mortos.

Já Douglas Ferreira de Castilho, de 52 anos, conhecido como Tuca, era presidente da quadrilha "Pé Rachado", um dos grupos juninos de Belo Horizonte. Tuca era casado e deixa uma filha de 27 anos.

“É com imensa tristeza que informamos o falecimento do nosso presidente e diretor @tuca_douglas_ , estamos sangrando, nossa peça principal nos deixou, postou o perfil da quadrilha nas redes sociais.

Acidente no Anel Rodoviário de Belo Horizonte

Dois carros teriam batido na descida do bairro Betânia, no sentido Vitória do Anel Rodoviário. Os motoristas acionaram a concessionária Via-040, responsável pelo trecho, que enviou um caminhão-guincho para rebocar os veículos.

Paralelo a isso, um caminhão carregado de cerveja perdeu a direção, bateu em um radar e tombou, derramando boa parte da carga na pista. Na sequência, diversos veículos que vinham logo atrás colidiram uns nos outros num efeito cascata.

O trecho onde ocorreu o acidente nessa sexta-feira é o mesmo onde um homem e uma mulher que estavam em uma moto morreram na última quarta-feira (8), após caírem e serem arrastados por um caminhão que não conseguiu frear.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido