Ouça a rádio

Compartilhe

Suspeitos confessam assassinato de Bruno Pereira e Dom Phillips, afirma TV

Segundo o jornalista Valteno de Oliveira, da Band, corpos foram esquartejados e queimados no Vale do Javari, na Amazônia

Dom Phillips e Bruno Pereira estão desaparecidos desde o dia 5 deste mês

Os irmãos Osoney da Costa e Amarildo dos Santos confessaram nesta quarta-feira (15) ter matado o indigenista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips. As informações são do jornalista Valteno de Oliveira, da Band.

Eles teriam cometido o crime ainda no dia 5 deste mês, após serem flagrados pescando ilegalmente. A dupla estaria capturando pirarucus quando foram alertados por Bruno e Dom, que estaria fotografando a cena. Eles teriam sido rendidos e levados a uma vala, onde foram mortos e tiveram os corpos esquartejados e incendiados.

Na tarde desta quarta, a Polícia Federal deve conceder uma coletiva de imprensa para dar mais detalhes sobre o andamento das investigações. Oseney foi levado pela PF ao local das buscas, onde teria indicado o local do crime em meio ao Vale do Javari, na Amazônia.

Dando as buscas como encerradas, a entidade deve indiciar Osoney e Amarildo pelo assassinato, e investigar se houve mais pessoas envolvidas no crime. Desde a última semana, grupos de busca foram montados para localizar Bruno e Dom, mas apenas pertentes e supostos vestígios humanos foram encontrados.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido