Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Dengue em BH: pesquisa revela que repelentes têm variações de preço de mais de 120%

O levantamento foi feito em supermercados, drogarias e loja online de Belo Horizonte, entre os dias 22 a 23 de fevereiro

Diante da explosão de casos de dengue, pesquisa do site Mercado Mineiro revela que os repelentes e inseticidas têm variações de preços bem significativas. Esse é o caso do inseticida Baygon de 360 ml que foi encontrado de R$10.99 até R$24.48, ou seja, uma diferença de 122.75%. O levantamento foi feito em supermercados, drogarias e loja online de Belo Horizonte, entre os dias 22 a 23 de fevereiro. Confira abaixo

  • Ap. Elétrico Raid 12Hrs + 4Past Cx pode custar de R$25.90 até R$48.95, com uma variação de 89%
  • Repelente Raid 45noites com 3 unidades de repelente líquido pode custar de R$33.77 até R$34.99, com uma variação de 3.61%
  • Aparelho Elétrico SBP + RF 35 ml custando de R$19.99 ate R$26.98 com uma variação de 34.972%
  • Repelente SBP advanced spray de 100ml custando de R$31.90 até R$43.90, com uma variação de 37%
  • Repelente SBP loção de 175g custando de R$24.99 até R$45.90, com uma variação de 83.67%
  • Repelente SBP baby de 100ml custando de R$25.99 até R$43.90, com uma variação de 68.91%
  • Refil Repelente Elétrico Líquido SBP de 2 unidades com 35ml cada, custando de R$22.90 até R$29.99, com uma variação de 31%
  • Aparelho Elétrico Raid de 45 noites com 3 unidades de refil de 32.9ml cada, custando de R$26.90 até R$44.98, com uma variação de 67%
  • Inseticida SBP de 450ml custando de R$13.89 até R$29.99, com uma variação de 115%
  • Inseticida Baygon de 360ml custando de R$10.99 até R$24.48, com uma variação de 122.75%
  • Inseticida Raid de 420ml custando de R$13.89 até R$25.99, com uma variação de 87%

Dengue em Minas

Minas Gerais tem quase 270 mil casos prováveis de dengue e lidera o ranking da estatística, segundo dados do painel de monitoramento da doença disponibilizados pelo Ministério da Saúde. O percentual corresponde a cerca de 35% das notificações registradas em todo o Brasil (762.542). Vale lembrar que o estado tem pouco mais de 10% da população do país.

Já em relação ao coeficiente de incidência (número de casos por 100 mil habitantes), Minas Gerais é o segundo estado no ranking, com uma incidência de 1309,6 notificações para cada 100 mil habitantes. O estado fica atrás apenas do Distrito Federal, que tem um coeficiente de 2983,7. Em terceiro lugar, aparece o Acre, com um índice de 799 casos para cada 100 mil habitantes.

Dos 150 óbitos confirmados pela doença no Brasil, 31 foram em Minas Gerais, o que representa 20% das mortes. Outros 523 óbitos, incluindo 156 de Minas, ainda são investigados pelas autoridades.

*com informações de Célio Ribeiro

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais