Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Minas confirma a primeira morte por dengue em 2024; vítima é do Sul do estado

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, o estado registrou 11.490 casos até esta segunda-feira (22)

Aedes aegypti - zika

Dengue, Zika e Chikungunya são transmitidas pela picada do mosquito Aedes aegypti

Reprodução/ Freepik

Minas Gerais registrou o primeiro óbito por dengue no estado em 2024. A morte foi confirmada no Boletim Epidemiológico divulgado, nesta segunda-feira (22), pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG). A vítima, uma mulher entre 70 e 79 anos, morava em Monte Belo, cidade no Sul de Minas.

Segundo o boletim, o estado recebeu 32.316 notificações de casos prováveis da doença, do dia 1° de janeiro até esta segunda (22). Desse total, 11.490 foram confirmados. Além da morte registrada, outros 14 óbitos por dengue são investigados pelo estado.

Entre os 11.490 casos de dengue confirmados neste ano, 159 foram considerados graves. A faixa etária mais atingida compreende as idades entre 20 e 29 anos (2.070 casos).

Leia Também

Chikungunya e Zika

A Secretaria de Saúde também contabiliza os possíveis casos de Chikungunya e Zika em Minas Gerais. As doenças também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti - o mesmo da dengue.

Em relação ao Chikungunya, Minas recebeu 4.353 notificações de casos prováveis da doença, dos quais 3.067 foram confirmados. Até o momento, um óbito foi registrado e outros dois estão em investigação.

Quanto ao vírus Zika, foram notificados dois casos prováveis, mas ainda não há nenhuma confirmação da doença. Também não há óbitos registrados ou em investigação por Zika no estado.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leia mais