Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Saiba quem é o motorista do Porsche que provocou acidente a 250 km/h em BH

Veículo capotou e bateu em uma árvore na Avenida Barão Homem de Melo; uma pessoa morreu

Acidente com Porsche na av. Barão Homem de Melo

Acidente com Porsche na av. Barão Homem de Melo

João Eduardo Santana/ Itatiaia

Um homem morreu após ser arremessado de um Porsche, que capotou e bateu em uma árvore na Avenida Barão Homem de Melo, região oeste de Belo Horizonte, na madrugada desta segunda-feira (11).

A vítima, Cayke Pelegrino Tavares, de 32 anos, estava no banco do carona e foi lançada a 20 metros de distância do carro. No momento do acidente, o veículo estava a 250 km/h, mais de quatro vezes acima da velocidade máxima permitida na via - de 60 hm/h.

O motorista sofreu ferimentos leves e foi encaminhado para o Hospital João XXIII. Após ser atendido, ele foi preso em flagrante pelos crimes de homicídio culposo e embriaguez ao volante. O motorista não terá direito a pagar fiança para deixar o presídio.

Quem é o motorista?

O condutor do Porsche é o empresário e DJ Rodrigo Rodrigues Andrade Chiatti, de 32 anos. De acordo com a Polícia Civil, ele é Belo Horizonte, mas mora na Bahia atualmente.

O pai do empresário tem empresas registradas nos ramos imobiliário, de produção de eventos e logística. Ele também já foi sócio de bares e de uma agência de marketing digital.

A reportagem encontrou duas empresas registradas no nome de Rodrigo: uma agência de marketing e uma editora musical.

Empresário tem passagens pela polícia

De acordo com a polícia, Rodrigo tinha a carteira de habilitação provisória em 2011. Após uma falta grave, ele perdeu a CNH e não conseguiu tirá-la novamente. Desde então, ele está sem CNH.

Rodrigo tem duas passagens na polícia por dirigir sem carteira de habilitação, ambas em 2015. Em uma delas, ele estava pilotando uma motocicleta, quando atingiu a lateral de um carro Pajero, em um cruzamento no bairro Serra, região Centro-Sul de BH.

Em 2009, a ex-companheira de Rodrigo fez um boletim de ocorrência contra o empresário por agressão. Ele teria a agredido com um tapa no rosto e um empurrão. Segundo o documento, o casal tem uma filha juntos.

Em 2017, a mesma mulher denunciou Rodrigo novamente por ameaça. Na ocasião, ele teria esperado a ex-companheira chegar em casa, em um bar em frente à portaria do prédio dela. Embriagado, o empresário teria xingado e humilhado a vítima.

De acordo com o boletim de ocorrência, após discutirem no bar, ele tentou invadir o apartamento da ex, chutando a porta. Depois de conseguir entrar, Rodrigo a ameaçou e a xingou novamente. Em seguida, ele deixou o local.

*Com informações de Amanda Antunes e Enzo Menezes

Leia mais