Ouvindo...

Times

Balanço da Ceasa Minas aponta queda no preço do mamão e disparada do quiabo em junho

Mamão Havaí teve recuo de 45%, enquanto o preço do repolho caiu 27%; por outro lado, quiabo subiu 26% e a manga, 20%; na média, hortifrúti ficou 2% mais barato em um mês

O consumidor deve ficar atento à variação nos preços de hortifrúti. Segundo balanço da Ceasa Minas referente ao valor de frutas, legumes e verduras, itens como mamão-Havaí, melancia, repolho, beterraba e cenoura tiveram recuos significativos de maio para junho de 2024. Segundo a Ceasa, o cenário geral é de queda nos preços. As frutas ficaram 2,8% mais baratas, as hortaliças caíram 2,5% e os hortigranjeiros recuaram 2,1%.

Outros produtos, como quiabo, tomate, abacate, limão Taiti e manga, subiram de preço em apenas um mês.

  • A maior variação foi no preço do mamão Havaí, que diminuiu -45,1% no período. Em maio deste ano, o preço médio da fruta era de R$ 8,00, e passou para R$ 4,39 em junho.
  • O preço do repolho híbrido recuou -27,9%. No mês de maio, o preço médio do item era R$ 2,19, e foi para R$ 1,58 em junho.

Leia mais:

A queda nos preços se deve ao clima frio e à oferta mais alta de alguns produtos. A tendência, de acordo com a central de abastecimento, é que os preços continuem caindo nas próximas semanas de inverno. A dica para o consumidor pagar mais barato é focar no repolho, chuchu, mamão, na abóbora moranga, couve-flor e mandioca.

    Leia também

    Quais produtos ficaram mais baratos?

    • Mamão Havaí foi de R$ 8 para R$ 4,39 (queda de 45,1%)
    • Repolho híbrido foi de R$ 2,19 para R$ 1,58 (queda de 27,9%)
    • Beterraba foi de R$ 6,45 para R$ 4,82 (queda de 25,3%)
    • Cenoura foi de R$ 5,35 para R$ 4,18 (queda de 21,9%)
    • Melancia foi de R$ 2,98 para R$ 2,36 (queda de 20,8%)
    • Banana prata foi de R$ 3,55 para R$ 3,06 (queda de 13,8%)

    Quais produtos ficaram mais caros?

    • Quiabo foi de R$ 5,59 para R$ 7,70 (aumento de 26,5%)
    • Manga foi de R$ 5,64 para R$ 6,77 (aumento de 20%)
    • Tomate longa vida foi de R$ 3,75 para R$ 4,41 (aumento de 17,6%)
    • Batata lisa foi de R$ 4,79 para R$ 5,56 (aumento de 16,1%)
    • Limão tahiti foi de R$ 2,21 para R$ 2,36 (aumento de 6,8%)
    • Abacate foi de R$ 3,42 para R$ 3,62 (aumento de 5,8%)

    Participe dos canais da Itatiaia:

    Paula Arantes é estudante de jornalismo e estagiária do jornalismo digital da Itatiaia.
    Jornalista graduada pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2005. Atua como repórter de cidades na Rádio Itatiaia desde 2022
    Leia mais