Ouvindo...

Times

Melhor azeite do mundo é de Minas e produzido no olival mais alto do planeta

Iguaria produzida em Maria da Fé, no Sul de Minas, tem custo de R$ 190 por garrafa de 250 ml; olival fica a mais de 1,7 mil metros de altitude

Um item refinado e pensado para experiências à mesa. Foi assim que Herbert Sales definiu o Mantikir Summit Premium, azeite mineiro eleito como melhor do mundo na premiação espanhola Evooleum 2024.

A iguaria é produzida em Maria da Fé, no sul de Minas. O olival, na Serra da Mantiqueira, é considerado o mais alto do mundo e dá origem a um azeite que chega a custar R$ 190 a garrafa de 250 ml (ou R$ 760 o litro).

Herbert nasceu no Rio de Janeiro, trabalhou em Santo Antônio do Pinhal (SP) e chegou a Maria da Fé em 2019. A cidade, considerada a mais fria de Minas, fez a primeira colheita de azeite apenas em 2008. Na produção, Herbert conta com a ajuda da esposa e do pai. Ele não acreditou quando recebeu a notícia de que seu azeite foi escolhido como melhor do mundo - a ficha demorou uns dias para cair.

“Achei que tinha alguma coisa errada. Quando olhei, não acreditei. A gente ficou meio ‘congelado’ durante uma semana, mas a ficha caiu com o tempo”, comemora, em entrevista à Itatiaia.

Características

Com 0,11% de acidez, o Mantikir Summit Premium é produzido com um blend de azeitonas Arbequina, Coratina, Grapolo e Koroneike cultivadas no ponto mais alto do olival. Depois de colhido, o fruto é levado para extração no Lagar de Quelemém (MG). Na fase olfativa, é possível perceber um azeite frutado leve, com toques de ervas recém-cortadas e frutas, enquanto na fase gustativa são sentidos sabores delicados, herbáceos, frutos secos e um equilíbrio entre notas amargas e picantes, destaca o produtor.

Leia também

Saladas de folhas e tomates, massas, carnes brancas e queijos menos intensos são alguns dos alimentos que harmonizam bem com o azeite. Para quem gosta, a iguaria combina até mesmo com algumas sobremesas.

O azeite mineiro venceu o Evooleum na categoria “Produção Limitada de até 2,5 mil litros”, destinada a pequenos produtores. Os jurados identificam defeitos e qualidades do azeite e também o avaliam de acordo com um painel sensorial. O Mantikir Summit Premium teve uma nota de 93/100 no Top 20.

Outras premiações

Além de ser premiado na Evooleum, o Mantikir Summit Premium já venceu como o melhor azeite de oliva extravirgem do Hemisfério Sul no 12º Concurso Internacional de Azeites Extra-Virgem - Prêmio CA Ovibeja, realizado em Portugal.

Ele também concorre em uma premiação italiana, cujo resultado deve ser anunciado na próxima semana. Apesar da felicidade com a premiação espanhola, o desejo de Herbert é vencer mais uma. “Já estamos felizes, mas, se ganharmos essa, ficaremos mais”, finaliza.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais