Auto Truck CPM Interno

Notícias

O pequeno Arthur Pietro Soares, de apenas dois meses, já está nos braços do pai, o vigilante Jhoney Lima Santos Nulhi. Depois de a Polícia Civil desvendar que o bebê estava no Rio de Janeiro ápos de ser doado pela própria mãe a um casal de adolescent

Final feliz

Por Editoria de web, 05/08/2016 às 19:53

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00


Pai de Arthur disse que vai criar o filho sozinho ( Foto: Renato Rios Neto)

O pequeno Arthur Pietro Soares, de apenas dois meses, já está nos braços do pai, o vigilante Jhoney Lima Santos Nulhi. Depois de a Polícia Civil desvendar que o bebê estava no Rio de Janeiro após de ser doado pela própria mãe a um casal de adolescentes, ele desembarcou no aeroporto da Pampulha, por volta das 0h desta terça-feira.  Jhoney, que viajou para o Rio num avião do Governo de Minas na noite dessa segunda-feira, carregava o filho no colo. 

Leia: Bebê supostamente raptado em Belo Horizonte é encontrado no Rio de Janeiro

Feliz e emocionado por ter reencontrado o filho,  Jhoney garantiu que passará a cuidar do bebê e mostrou-se surpreso com a atitude da mãe criança, Renata Soares da Costa, de 19 anos. “Foi uma notícia boa e outra ruim, porque o que veio com essa notícia eu não esperava, mas graças a Deus nosso filho está comigo e é isso que importa. Agora eu cuido, agora é controle total. Não tem como eu confiar e acho que não tem nem como a gente permanecer na mesma. Tenho que pegar meu filho e seguir meu rumo”, disse o pai.

Renata Soares foi autuada em flagrante por falsa comunicação de crime e subtração de menores para se colocar em família substituta. Ela doou o filho ilegalmente e inventou a história do falso sequestro, mobilizando as policias e até a população, que passou a divulgar o caso nas redes sociais.  “Ela só pode ter problema de cabeça. Até porque fazer o que fez e achar que vai ficar impune, achar que ninguém ia descobrir. A verdade sempre vem à tona”, destacou  Jhoney.

O superintendente  de Investigações da Polícia Civil, delegado Jeferson Botelho, disse que os trabalhos vão continuar. Ele informou que o taxista do Rio que buscou a criança já está sendo localizado. A polícia quer saber se Renata recebeu algum dinheiro para entregar o filho.

Ouça reportagem de Renato Rios Neto 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link