Ouvindo...

Times

Cães de Cauã Raymond envenenados: PC investiga contaminação de 40 animais na Barra da Tijuca, no RJ

A suspeita é que alguém tenha espalhado veneno nos canteiros da região; ruas e canteiros foram lavados para tentar retirar os possíveis produtos químicos

O ator Cauã Reymond anunciou, neste domingo (9), que um de seus cães morreu após ter sido envenenado. Na sexta-feira (7), o ator havia relatado que dois animais de estimação haviam sido envenenados e estavam à beira da morte.

Além dos cachorros do artista, a Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga o envenenamento de cerca de 40 cães na Zona Oeste da cidade. Segundo o presidente da Câmara dos Vereadores, Carlo Caiado (PSD), a suspeita é que alguém tenha espalhado veneno nos canteiros da região do Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca.

“Espero que não tenha sido maldade, mas se foi, é algo brutal, pessoas colocaram veneno para os cães, para os animais. Já tivemos 40 animais que foram contaminados”, afirmou Caiado, em um vídeo postado em suas redes sociais.

Leia também

A companhia de limpeza municipal Comlurb realizou, nesse sábado (8), a limpeza das calçadas e dos canteiros da região com água e sabão, para tentar retirar possíveis produtos químicos nesses locais a fim de evitar novas contaminações.

O presidente da Comissão de Direitos dos Animais da Câmara, Luiz Ramos Filho (PSD), afirmou que os envenenamentos foram registrados desde o início de maio e pelo menos seis cães já morreram. “Não é um ou outro caso isolado. É todo santo dia um relato de crimes como esses”, escreveu o parlamentar em suas redes sociais.

A Agência Brasil entrou em contato com a Polícia Civil, mas a assessoria de imprensa da corporação não soube dar informações sobre as investigações

*Com informações da Agência Brasil


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais