Ouvindo...

Times

Frio mata cinco pessoas em Buenos Aires, na Argentina

Argentina atravessa grave crise social, com metade da população vivendo em estado de pobreza

Cinco pessoas morreram de frio em Buenos Aires, capital da Argentina, somente em julho. O caso mais recente ocorreu nessa terça-feira (9), quando o corpo de um morador em situação de rua a poucos quarteirões do Congresso.

Conforme a MetSul, Buenos Aires registrou temperatura negativa de 1,5 C nessa terça (9), a menor em 14 anos e a segunda marca negativa no mês. “A capital argentina não registrava mínima negativa desde 2011 e em poucos dias teve dois dias abaixo de zero”, diz o instituto.

“Lamentamos comunicar a morte de mais uma pessoa. Homem de aproximadamente 50 anos e sem documentação foi encontrado por policiais na Avenida Callao sem sinais visíveis de violência em seu corpo”, informou a organização social Proyecto 7.

A organização “Amigos no Caminho”, que trabalha em prol dos moradores em situação de rua, registrou mortes nos bairros Once, Palermo e Retiro. “Frio e indiferença matam, é tão doloroso saber que essas mortes poderiam ter sido evitadas”, desabafou a organização em suas redes sociais.

A Argentina atravessa grave crise social, com metade da população vivendo em estado de pobreza. Os mais pobres são os que mais sofrem com as baixas temperaturas.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela Newton Paiva. É repórter da rádio Itatiaia desde 2013, com atuação em todas editorias. Atualmente, está na editoria de cidades.
Leia mais