Ouvindo...

Times

Em julgamento, estrela do TikTok assume que ‘não conseguia parar de atirar’ na ex e no amante dela

Suspeito é acusado de matar Ana Abulaban, de 28 anos, e Rayburn Cadenas Barron, de 29, em outubro de 2021

O tiktoker Ali Abulaban, de 32 anos, foi a tribunal nesta quinta-feira (23), em San Diego, nos Estados Unidos, acusado de assassinar a ex-esposa e o amante dela. Em depoimento, ele contou que ‘surtou’ e não conseguia ‘parar de atirar neles’.

O suspeito é acusado de matar Ana Abulaban, de 28 anos, e Rayburn Cadenas Barron, de 29, em outubro de 2021. Antes, ele havia dado três socos no rosto da esposa em uma discussão, quando ela afirmou que havia dormido com um dos amigos dele. A informação é do NY Post.

Depois disso, Ali passou a espionar a ex usando o iPad da filha, de cinco anos. Foi assim que ele viu Ana e Rayburn abraçados. Ele contou que “não aguentava traição” e que “não conseguiu parar de atirar”.

Leia também

Após o crime, ele buscou a filha na escola e contou para ela que havia “machucado a mamãe”. Os dois tinham um relacionamento conturbado, com vários episódios de violência doméstica.

Antes do crime, Abulaban tinha quase um milhão de seguidores no TikTok, o qual usava o nome de usuário “JinnKid”. Ele pode pegar prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais