Ouvindo...

Times

Conheça o ‘mel louco’ da Turquia, que causa alucinações e pode ser perigoso aos humanos

Apesar de ter boas propriedades, o ‘mel louco’ pode causar sérios problema se ingerido de forma excessiva

Já pensou em comprar um mel com propriedades alucinógenas e que pode causar até mesmo desmaios por 55 euros (R$ 305, na cotação atual)? Pois bem, este é o ‘mel louco’ da Turquia, que, para alguns, pode curar palpitações cardíacas, problemas no estômago e até mesmo impotência, segundo a agência de notícias francesa AFP.

Apesar de ter boas propriedades, o ‘mel louco’ pode causar sérios problema se ingerido de forma excessiva. Isso porque ele contém uma neurotoxina chamada grayanotoxina, que pode retardar os batimentos cardíacos e que causa efeitos alucinógenos.

O mel é produzido por abelhas que extraem pólen dos Alpes Pônticos da Turquia. Médicos afirmaram à AFP que o mel pode retardar o fluxo sanguíneo para o cérebro, e, por isso, pode causar tonturas, desmaios e até mesmo alucinações.

Leia também

A intoxicação pelo ‘mel louco’, o mad honey, em inglês, é relatada desde a antiguidade. Em 2022, um urso foi encontrado inconsciente após ter ingerido o mel de colmeias em Duzce.

Um comerciante vende o alimento por 55 euros (R$ 305). Ele armazena o mel por vários meses para permitir que as neurotoxinas e outros atributos problemáticos se dissipem antes de prová-lo e vendê-lo. Ele recomenta tomar uma colher de sopa do mel com o estômago vazio.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais