Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Jovem que perdeu metade do corpo em acidente relata cotidiano e falta de amigos

Loren Schauers perdeu membros em 2019 ao ser atingido por empilhadeira; nas redes sociais, ele e sua esposa mostram o dia a dia com milhões de seguidores

Loren Schauers tinha 21 anos quando foi esmagado pela empilhadeira que operava. O veículo despencou de uma ponte e o atingiu de um ângulo que dilacerou suas pernas e parte do braço direito. O acidente aconteceu em Montana, nos EUA, em 2019.

Após uma longa recuperação, Schauers agora grava uma série de vídeos mostrando como é seu cotidiano. Com a esposa, responde perguntas dos seguidores e não se esquiva de temas polêmicos. Ele surpreende os seguidores com a força de vontade e recusa que suas limitações físicas o impeçam de fazer planos e viver experiências.

Em um depoimento recente, o jovem Schauers postou no Facebook, de forma vulnerável e honesta, um texto para discutir o desafio de fazer novos amigos.

“Sou o único que acha difícil fazer amigos?”, perguntou ele. “Nunca estou muito ocupado fazendo nada, só não sei quem procurar e deixar entrar na minha vida”, emendou o americano.

Na publicação, ele contou ainda que no passado ficou desapontado com algumas pessoas, especialmente depois do acidente, e agora temia que pudesse ter dificuldade em confiar facilmente de novo nelas.

“Além disso, fui traído por tantos ‘amigos’ de tantas maneiras que posso ter problemas de confiança ao deixar as pessoas entrarem na minha vida, para que não roubem de mim, tirem vantagem de tudo o que puderem, coisas assim. Eu sei que é idiota colocar isso em uma postagem no Facebook! Se alguém está procurando um amigo! Estou sempre livre e preciso fazer alguns amigos. Não saí com ninguém que não seja da família em mais de um ano”, acrescentou Loren.

Dia a dia do casal

Entre as publicações, Loren conta sobre todo o processo e como vive após o acidente. Na época do acidente, de acordo com o jornal Daily Star, o jovem implorou aos médicos para que eles salvassem “ao menos a sua cabeça”. Assim, foi submetido a uma operação de risco em Montana, nos Estados Unidos, onde vive com a família.

Em um vídeo no YouTube, o jovem conta sobre a decisão da família de amputá-lo do umbigo para baixo, em um procedimento conhecido como hemicorporectomia.

Como o rapaz estava inconsciente, a família temeu que ele preferisse morrer em vez de viver cortado ao meio. Porém, assim que despertou, Schauers comoveu os médicos por salvar sua vida.

Participe dos canais da Itatiaia:

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH), já trabalhou na Record TV e Rede Minas. Atualmente é repórter multimídia da Itatiaia. Comunicativa e ligada as redes sociais, entretenimento e cidades.
Leia mais