Ouvindo...

Times

Pesquisa mostra as regiões do Brasil que têm os torcedores mais fiéis e mais fanáticos

Na Região Sudeste, 77% dos torcedores afirmaram ter apenas um clube do coração

Sedes dos principais clubes do futebol brasileiro, o Sudeste e o Sul têm os torcedores mais fiéis do país, num levantamento que mostra para quantos clubes os entrevistados torcem.

Na Região Sudeste, 77% dos torcedores afirmaram ter apenas um clube do coração, com 22% afirmando ter outro time e 2% não sabendo ou não respondendo.

O cenário é muito parecido com o da Região Sul, que tem 74% de torcedores de times únicos, com 21% tendo uma outra equipe e 4% não sabendo ou não respondendo.

Nas outras regiões, a fidelidade do torcedor caí, sendo mais comum dois times do coração. Isso fica mais acentuado na Região Nordeste, onde 65% dos entrevistados têm uma equipe, com 33% afirmando torcerem para dois clubes.

No Norte, são 68% de torcedores fiéis, contra 32% que têm dois clubes. Na Região Centro-Oeste, a marca da fidelidade também segue abaixo dos 70%, pois 69% dos entrevistados disseram ter um time do coração, com 28% relatando torcer para outra equipe.

Fanatismo

O ranking do fanatismo do torcedor por região é inverso ao da fidelidade. Isso porque os torcedores que se consideram mais fanáticos por futebol estão justamente onde a fidelidade a um único clube é menor.

O torcedor mais fanático do Brasil está Centro-Oeste, pois 43% dos entrevistados se colocaram nessa condição, com 57% não se considerando.

O número é bem próximo do Nordeste, que tem 42% de fanáticos, e 58% que não se declararam assim.

No Norte, os números são de 37% para o fanatismo, com 63% não se considerando fanáticos por futebol.

Regiões onde o torcedor é mais fiel a um clube, Sudeste e Sul têm marcas idênticas, com 23% de fanáticos e 77% de não fanáticos.

Metodologia

A pesquisa O Maior Raio-X do Torcedor ouviu 6.373 pessoas no total, sendo 5.023 entrevistas aprofundadas com torcedores de 278 cidades e 714 jovens de 7 a 15 anos. A coleta foi realizada entre 27 de abril e 1º de maio de 2024, por meio de entrevistas face a face com questionários estruturados. A margem de erro estimada é de 1,4 ponto percentual, com nível de confiabilidade de 95%.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Alexandre Simões é coordenador do Departamento de Esportes da Itatiaia e uma enciclopédia viva do futebol brasileiro
Leia mais