Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Vai virar SAF? Conselho do Sport aprova mudanças que autorizam modelo

Reunião aconteceu na noite desta terça (16); alterações ainda dependem de uma Assembleia Geral de Sócios

Em reunião realizada na noite da última terça-feira (16), o Conselho Deliberativo do Sport aprovou mudanças no estatuto que autorizam a transofrmação do clube em Sociedade Anônima do Futebol (SAF). As alterações, propostas por uma Comissão Especial, ainda serão postas em votação numa Assembleia Geral de Sócios, em data a ser definida.

“O Sport larga na frente e inicia o processo de modernização do futebol pela estrutura corporativa criada pelo estatuto. Acreditamos que a SAF levará o Sport ao lugar que ele merece no futebol brasileiro”, afirmou Ademar Rigueira, presidente da Comissão.

As reuniões da Comissão Especial para a discussão das mudanças ocorrem desde outubro do ano passado. Além de Ademar, o grupo é composto por Leonardo Lopes, João Humberto Martorelli, Arsênio Meira, Rodrigo Guedes, César Caúla e Pedro Henrique Alves.

Atualmente, o Sport disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe vai estrear no próximo sábado (20), contra o Amazonas-AM, às 17h (de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM).

Outras alterações

Em nota divulga no site oficial do clube, o Leão da Ilha pontuou que outras alterações foram aprovadas pelo Conselho Deliberativo.

Entenda o que vai acontecer se a Assembleia Geral aprovar as mudanças: o mandato para a presidência do Sport passará a ter três anos, sem direito a reeleição; um conselho administrativo, formado por um presidente, um vice e dois diretores, será criado; a função de chefe do executivo, o CEO, também será implementada, sendo este contratado pelo novo conselho; algumas outras diretorias executivas serão criadas.

Segurança

Por causa dos recentes episódios envolvendo violência por parte de torcidas organizadas do Sport - um deles culminou no ataque a bomba e pedras ao ônibus do Fortaleza -, o Conselho Deliberativo também aprovou a criação de uma Comissão de Ética e Disciplina.

“Sob o seu radar estarão a violação das normas legais e a Lei Geral do Esporte. Comportamentos que podem prejudicar o Sport serão colocados como infrações administrativas, passíveis de punição imposta pelo clube. Injúria racial, preconceito sexual, misoginia, importunação ofensiva ao pudor serão atos inaceitáveis no Sport. Tudo para proteger o clube de atos excessivos e desrespeitos por parte de algumas pessoas que podem prejudicar o clube”, diz a nota divulgada pelo clube.

Posição do presidente do Conselho

O presidente do Conselho Deliberativo do Sport, Silvio Neves Baptista, disse que a atualização do estatuto do clube foi aprovada, mas que ainda será feita uma revisão do texto antes de ser levada para a assembleia geral de sócios.

“Foi um esforço muito grande da comissão para finalizar essa modernização do estatuto. Agradecemos pela dedicação nesse trabalho exaustivo”, afirmou.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais