Ouvindo...

Times

Inspirado em Marquinhos, Beraldo vê disputa aberta na zaga da Seleção

Jogador do PSG tem ‘briga’ por titularidade com outros dois atletas para estar ao lado de seu ídolo durante a Copa América

Aos 20 anos, Beraldo é a renovação na zaga da Seleção Brasileira. Atleta do PSG-FRA, ex-São Paulo, ele joga ao lado de um ídolo na França, Marquinhos, que inclusive pode ser seu companheiro na defesa titular para a Copa América. O Brasil estreia em 24 de junho, às 22h (de Brasília), contra a Costa Rica, no torneio que será disputado nos Estados Unidos.

“Acho que é um sonho jogar com o Marquinhos, no PSG e agora também na Seleção. Um cara que me inspira muito, zagueiro ideal, em questão de liderança também dentro do vestiário. Uma honra e um sonho desfrutar todos os dias com ele, aprendendo todas as formas possíveis de me tornar parecido com ele”, disse Beraldo.

Aos 30 anos, Marquinhos tem duas Copas do Mundo no currículo, 2018, na Rússia, e 2022, no Catar, e é titular da Seleção de Dorival Júnior. Resta saber quem será seu companheiro. Eder Militão, do Real Madrid está voltando de grave lesão, assim como Gabriel Magalhães, do Arsenal, que se apresentou a Dorival ainda em fase final de tratamento. Isso abriu espaço para Beraldo sonhar com a titularidade.

“Não acho que tenho vantagem na disputa por ter jogado em março, ou agora contra os Estados Unidos. Não acho que levo vantagem por jogar com o Marquinhos, temos que mostrar todos os dias para ele que merecemos em uma disputa sadia. Não é porque conheço mais o Marquinhos, é demonstrando dentro de campo”, disse Beraldo.

Ele foi titular nos dois primeiros jogos da era Dorival, contra a Inglaterra (1 a 0) e Espanha (3 a 3), em março. Com Militão e Marquinhos machucados, Fabrício Bruno, que nem está no elenco da Copa América, foi seu parceiro naquele momento. Frente aos Estados Unidos, na quarta-feira (12) passada, Dorival escalou o time titular para a Copa América, e Beraldo jogou ao lado de Marquinhos. Bremer fecha o quinteto de zagueiros nos Estados Unidos.

O Brasil com Dorival levou seis gols em quatro jogos, uma performance bem ruim.

“Vão ser detalhes que serão ajustados, é normal para início de trabalho alguma dificuldade. O Dorival confia no grupo, vamos melhorar e estaremos prontos para a Copa América”, disse Beraldo.

A Copa América

O torneio terá 16 participantes, dez da América do Sul e seis da Concacaf (Confederação das Américas do Norte e Central). São quatro grupos de quatro, com confrontos dentro das chaves, e os dois primeiros de cada se classificando para as quartas de final. A partir daí são jogos eliminatórios até se conhecer o campeão.

Os jogos do Brasil na primeira fase

  • 24/06 Brasil x Costa Rica, no SoFI Stadium, em Inglewood (região de Los Angeles) - 22h (de Brasília)
  • 28/06 Brasil x Paraguai, no Allegiant Stadium, em Las Vegas - 22h (de Brasília)
  • 02/07 Brasil x Colômbia, no Levi’s Stadium, em Santa Clara (região de San Francisco) - 22h (de Brasília)

Veja os grupos da Copa América

Grupo A

  • Argentina
  • Peru
  • Chile
  • Canadá

Grupo B

  • México
  • Equador
  • Venezuela
  • Jamaica

Grupo C

  • Estados Unidos
  • Uruguai
  • Panamá
  • Bolívia

Grupo D

  • Brasil
  • Colômbia
  • Paraguai
  • Costa Rica
Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Repórter do ‘Seu nome, seu bairro’ na Itatiaia.
Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais