Ouvindo...

Times

Kaio Jorge pode se tornar contratação mais cara da história do Cruzeiro; veja top 10

Cruzeiro comprou jovem atacante da Juventus; contrato estipula aumento no valor de compra por bônus contratuais

A contratação do atacante Kaio Jorge, de 22 anos, pode se tornar a mais cara da história do Cruzeiro. O clube celeste, segundo apuração da Itatiaia, desembolsará inicialmente R$ 25,8 milhões pelos direitos econômicos do atleta. Esse montante se refere ao valor fixo negociado com a Juventus, da Itália, por um contrato de cinco anos.

O acordo entre Cruzeiro e Juventus contempla possíveis bônus por obtenção de metas em relação a Kaio Jorge. Sendo assim, a operação como um todo pode chegar aos R$ 41,2 milhões, valor divulgado oficialmente pelos italianos.

Levando em conta apenas o valor fixo da negociação, a contratação de Kaio Jorge já é a quarta maior na história do Cruzeiro. Se o jovem atacante atingir todas as metas para ativar os bônus contratuais, o montante superaria o valor da, até então, mais cara aquisição do Cruzeiro.

Em valores corrigidos pelo IPCA, a compra do lateral-esquerdo Sorín representa hoje R$ 39,4 milhões. O jogador foi adquirido pelo clube estrelado junto ao River Plate, da Argentina, há 24 anos.

No ano 2000, o Cruzeiro gastou R$ 9,4 milhões para contratar Sorín. Com as correções, o montante se aproximaria hoje dos R$ 40 milhões.

A segunda contratação mais cara da história do Cruzeiro antes da compra de Kaio Jorge era o meia Rodriguinho. O jogador foi adquirido junto ao Piramids, do Egito, por R$ 26,3 milhões. Corrigido, esse montante seria hoje de R$ 34,5 milhões.

TOP 10 de contratações mais caras da história do Cruzeiro

Se Kaio Jorge atingir as metas contratuais

  • 1: Kaio Jorge - R$ 41,2 milhões (7,2 milhões de euros)
  • 2: Sorín - R$ 9,4 milhões (US$5,08 milhões) (2000) // R$ 39,4 milhões (2024)
  • 3: Rodriguinho - R$ 26,3 milhões (US$ 7 milhões) (2019) // R$ 34,5 milhões (2024)
  • 4: Viveros - R$ 6,3 milhões (US$ 3,5 milhões) (2000) // R$ 26,4 milhões (2024)*
  • 5: Dedé - R$ 14 milhões (2013) // R$ 25,4 milhões (2024)**
  • 6: Rafael Sobis - R$ 17 milhões (2016) // R$ 24,2 milhões (2024)
  • 7: De Arrascaeta - R$ 12 milhões (4 milhões de euros) (2014) // R$ 19,7 milhões (2024)***
  • 8: Ramon Ábila - R$ 13,4 milhões (US$ 4,2 milhões) (2016) // R$ 19,1 milhões (2024)
  • 9: Willian Bigode - R$ 10,5 milhões (3,5 milhões de euros) (2013) // R$ 17,7 milhões (2024)
  • 10: David - R$ 10 milhões (2018) // R$ 13,5 milhões (2024)****

* 50% dos direitos econômicos
** 45% dos direitos econômicos
*** 50% dos direitos econômicos
**** 70% dos direitos econômicos

Só com o valor fixo pago por Kaio Jorge

1: Sorín - R$ 9,4 milhões (US$5,08 milhões) (2000) // R$ 39,4 milhões (2024)
2: Rodriguinho - R$ 26,3 milhões (US$ 7 milhões) (2019) // R$ 34,5 milhões (2024)
3: Viveros - R$ 6,3 milhões (US$ 3,5 milhões) (2000) // R$ 26,4 milhões (2024)*
4: Kaio Jorge - R$ 25,8 milhões (4,5 milhões de euros)
5: Dedé - R$ 14 milhões (2013) // R$ 25,4 milhões (2024)**
6: Rafael Sobis - R$ 17 milhões (2016) // R$ 24,2 milhões (2024)
7: De Arrascaeta - R$ 12 milhões (4 milhões de euros) (2014) // R$ 19,7 milhões (2024)***
8: Ramon Ábila - R$ 13,4 milhões (US$ 4,2 milhões) (2016) // R$ 19,1 milhões (2024)
9: Willian Bigode - R$ 10,5 milhões (3,5 milhões de euros) (2013) // R$ 17,7 milhões (2024)
10: David - R$ 10 milhões (2018) // R$ 13,5 milhões (2024)****

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Hugo Lobão é repórter multimídia do portal Itatiaia Esporte. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, passou por Hoje Em Dia, Record e Globo Esporte. Amante de esportes olímpicos.
Leia mais