Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Marta ironiza CBF após final da Supercopa Feminina: ‘Renda maior que a premiação’

Partida entre Corinthians e Cruzeiro, na Neo Química Arena, teve 33.424 torcedores presentes e renda bruta de R$ 750.268,20

A finalíssima da Supercopa Feminina, disputada entre Corinthians e Cruzeiro, na Neo Química Arena, teve grande repercussão nas redes sociais. Marta, a Rainha do Futebol, reagiu ao recorde de público da decisão e criticou os valores dados pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) como premiação.

Mariana Balbão, CEO da Womens Soccer Academy, marcou Marta em uma publicação, onde foi comemorado o público presente na final: 33.424 torcedores. “Que jogão. Ninguém assiste, não é mesmo? Isso é futebol feminino”, ironizou.

Na sequência, a Rainha comentou sobre os números financeiros da partida. “Renda maior que a premiação”, criticou.

O Corinthians, ao levantar o troféu da Supercopa Feminina, garantiu a premiação de R$ 600 mil. No entanto, somente a renda bruta gerada pela venda de ingressos foi de R$ 750.268,20.

Ambas os finalistas, tanto Corinthians como Cruzeiro, já haviam faturado R$ 400 mil em premiação por chegar à grande final.

Aumento da premiação

Nesta edição, de acordo com a CBF, a premiação total é de R$ 1 milhão e aumentou 25% em relação ao ano passado. Em 2023, a entidade máxima do futebol pagou R$ 500 mil ao vencedor e R$ 300 mil ao segundo colocado. Em 2022, primeiro ano de disputa do torneio, os vencedores não receberam premiação.

Recorde de público

Ao todo, 33.424 torcedores prestigiaram a finalíssima, na capital paulista. Os números do confronto superaram, inclusive, o número de espectadores presentes em grandes clássicos do futebol brasileiro.

No empate, por 2 a 2, entre Palmeiras e Corinthians, 29.647 torcedores estiveram na Arena Barueri. Já no Rio de Janeiro, no Nilton Santos, 25.673 espectadores assistiram a vitória do Vasco, por 4 a 2, diante do Botafogo.

Em Curitiba, 24.969 pessoas foram ao Couto Pereira, onde Coritiba e Athletico empataram em 1 a 1. Já o triunfo do Vitória, por 3 a 2, diante do Bahia, contou com 30.793 torcedores no Barradão, em Salvador.

Durante todo o fim de semana, somente o clássico entre Fortaleza e Ceará registrou um público superior: 46.531, no Castelão, em Fortaleza.

Corinthians conquista tricampeonato

Na manhã desse domingo (18), o Timão venceu o Cruzeiro pelo placar de 1 a 0, na Neo Química Arena, em São Paulo. O gol foi marcado por Duda Sampaio.

As Brabas confirmaram o favoritismo, mas o Cruzeiro vendeu caro a derrota. O jogo foi equilibrado durante os 90 minutos com as duas equipes criando boas chances de gol ao longo dos 90 minutos.

A equipe mineira batalhou pelo resultado até os últimos minutos. O time ficou na bronca com um gol anulado nos minutos finais, que daria o empate para a Raposa. Byanca Brasil, atacante do Cruzeiro, marcou aos 43 do segundo tempo após boa jogada individual, mas após revisão, o gol foi anulado por toque de mão.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista em formação na UFMG. Apaixonado por futebol e esportes em geral.
Leia mais