Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Fifa já tem país favorito para receber o Mundial Sub-17 retirado do Peru

Torneio masculino será no fim de 2023 e sul-americanos descumpriram exigências; Marrocos apresentou candidatura

Marrocos é o favorito para receber o Mundial masculino Sub-17, marcado entre 10 de novembro e 2 de dezembro de 2023. A Itatiaia apurou que a federação local, que mantém ótima relação com a Fifa, apresentou candidatura e hoje é a única opção. O anúncio deve ocorrer nos próximos dias.

Em 3 de abril a Fifa divulgou que o Peru não seria mais a sede do torneio. O motivo alegado foi que a federação local não cumpriu com as exigências financeiras da entidade -- como isentar o organizador de diversos impostos, obrigação usual nas competições que a federação internacional promove.

O Brasil já se garantiu no Mundial por meio do Sul-americano da categoria que está em andamento no Equador - os donos da casa e a Argentina também já se classificaram. Resta uma vaga, mas o Peru já não tem mais chance e com isso não jogará o campeonato.

A África ainda não definiu seus quatro representantes, o que ocorrerá após o fim do continental Sub-17, na Argélia, que terminará em 11 de maio. Se Marrocos for confirmado como sede, entrará como anfitrião e a África manterá suas outras quatro vagas.

Serão três ou quatro cidades se o torneio for para o Marrocos. Tânger e Rabat, sedes do Mundial de Clubes que teve o Flamengo, em fevereiro, estão cotadas junto com Marrakesh e Agadir. O Marrocos entrou recentemente como candidato a receber a Copa do Mundo de 2030, em conjunto com os europeus Portugal e Espanha.

A Itatiaia apurou que a inclusão do país africano nesse combo partiu de integrantes da Fifa, que avaliam positivamente que a Copa volte a ser jogada no continente depois de 20 anos da edição na África do Sul. Por enquanto, a concorrência é com a candidatura quádrupla da América do Sul, com Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile que tem como principal argumento festejar o centenário do torneio na região em que tudo começou. A Copa de 1930 foi no Uruguai.

O Mundial Sub-17 terá 24 participantes e, por enquanto, estão classificados Brasil, Equador, Argentina, México, EUA, Panamá, Canadá, Nova Zelândia e Nova Caledônia.

A Fifa também teve problemas com a sede do Mundial Sub-20, que começa em 20 de maio e termina em 11 de junho. A Indonésia seria a sede, mas políticos locais questionaram a presença da delegação de Israel no país, alguns pedindo que não fosse autorizada a entrada. A relação diplomática entre os países não é boa.

A Fifa, então, decidiu por retirar do país asiático o torneio e a Argentina será a sede.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais