Ouça a rádio

Compartilhe

Dia dos Namorados: cinco dicas para evitar golpes em compras online

Ainda dá tempo de escolher um presente para a ocasião, mas vale ficar atento

Não caia em golpes no dia dos namorados

Toda data comercial é utilizada por golpistas para atacar consumidores. No domingo (12), que é Dia dos Namorados, não vai ser diferente. A expectativa do comércio é superar a marca de R$ 6,5 bilhões em vendas online registrados no ano passado.

Como em qualquer outra compra em lojas eletrônicas, é fundamental tomar alguns cuidados para não ser vítima de cibercriminosos. Veja, a seguir, algumas dicas para se manter longe de golpes e fraudes nessa data!

1. Desconfie de descontos excessivos

Produtos com descontos muito altos são forte indício de tentativa de golpe. Quando o cliente clica no link da oferta, pode ter seus dados pessoais coletados para serem usados pelos fraudadores em futuros golpes. É importante saber o preço real dos produtos para não ser enganado. 

Descontos incompatíveis com o mercado são uma grande sinal de alerta

2. Não clique em links suspeitos

Nessas datas, é muito comum receber mensagens em redes sociais, por SMS, WhatsApp ou e-mails que anunciam promoções imperdíveis. Em geral, eles vêm com um link que, supostamente, leva diretamente às ofertas. Jamais clique nele! Isso é uma tentativa de phishing que, além de roubar os dados do cliente, não tem os produtos para enviar. 

3. Prefira lojas de confiança 

Escolha e-commerces com credibilidade. Se não conhecer o estabelecimento, pesquise sobre ele e, preferencialmente, converse com familiares e amigos que já tenham comprado nele. Lojas que oferecem bons sistemas antifraude e aplicam práticas contra golpes online são transparentes sobre o assunto.

4. Fuja de urgências   

Não se deixe levar por ofertas que parecem muito urgentes

Para atrair a vítima para os falsos descontos, os criminosos tentam fazê-lo comprar sem refletir. Em geral, essas falsas promoções exigem compra rápida ao informar que há poucas peças restantes no estoque. Com isso, o golpista busca pressionar o consumidor a tomar a decisão de compra sem analisar os riscos da transação.

5. Verifique o cadastro

O contato do cliente com a empresa depende da identificação correta do consumidor. Certifique-se, então, de que as informações pessoais fornecidas estão corretas. Assim, o estabelecimento também vai saber que se trata de um cliente idôneo.

Manter o cadastro atualizado é essencial para a boa comunicação com a loja

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido