Ouça a rádio

Compartilhe

Idosos de Nova York vão receber robô companheiro

Dispositivo será enviado para indivíduos que vivem sozinhos ou isolados

ElliQ oferece companhia e ainda ajuda na redução do estresse

Mais de 800 idosos vão receber robôs companheiros nos EUA. Os dispositivos estão sendo enviados pelo Estado de Nova York. Embora não possam ajudar com tarefas físicas, os dispositivos vão ser parceiros para bate-papo, para ajudar em contatos com entes queridos e para monitorar a atividade física e a medicação.

O projeto é do Escritório para Idosos do Estado de Nova York (New York State Office for the Aging — Nysofa) e a ideia é combater o crescente isolamento social dessa população. Nos EUA, cerda de 14 milhões de indivíduos com mais de 65 anos moram sozinhos. Estudos apontam que a solidão de longo prazo é tão prejudicial à saúde quanto o hábito de fumar.

O robozinho escolhido é o ElliQ, da israelense Intuition Robotics. Ele tem duas partes em uma base. A primeira é uma lâmpada (que imita uma face) com microfone e alto-falantes — e ela se move na direção do usuário quando está conversando com ele. A segundo é um tablet, usado para mostrar fotos e informações, bem como para vídeochamadas.

Robozinho tem uma lâmpada em formato de face e um tablet para notificações e vídeochamadas

Para Greg Olsen, diretor do Nysofa, o dispositivo pode ajudar a encorajar a independência entre os idosos que vivem sozinhos, já que oferecer companhia a eles. Olsen destaca que o sistema é proativo, lembra de interações tidas com o usuário e tem como foco a saúde e o bem-estar, a redução do estresse, o monitoramento do sono e da hidratação, e assim por diante. “Ele se concentra no que importa: memórias, interação com familiares e amigos, e na promoção da boa saúde e do bem-estar.

Empatia e laços

Segundo a Intuition Robotics, o ElliQ pode ser empático e criar laços com os usuários. O dispositivo lembra detalhes sobre a vida deles e adapta sua personalidade à do indivíduo. Para quem ri muito, por exemplo, ele vai contar mais paidas. O ElliQ está em desenvolvimento já há alguns anos e a Intuition Robotics fez muitos testes para aprimorá-lo, mas apenas a ampla implementação vai trazer respostas mais consistentes.

Olsen diz que a equipe do Nysofa vai identificar indivíduos que podem se beneficiar do ElliQ, com base em alguns critérios. “O dispositivo é indicado para usuários com 75 anos ou mais, com acesso a Wi-Fi, que estão isolados ou sozinhos e que se sintam confortáveis com equipamento tecnológico.” A própria Intuition Robotics vai instalar os dispositivos e treinar os usuários.

Em geral, a empresa aluga o robô por US$ 250 e cobra US$ 30 mensais pelo serviço. A Nysofa comprou cerca de 800 unidades do ElliQ, mas o preço não foi divulgado. Segundo a instituição, isso vai facilitar a realocação dos equipamentos.

Dispositivo atua no sentido de promover o bem-estar dos usuários

Enquanto os entusiastas da ideia apontam que os robôs são uma ferramenta necessária, especialmente quando não há humanos por perto, os críticos avisam que as máquinas podem desumanizar os usuários. Estudos científicos sugerem que os dispositivos “parecem ter potencial para melhorar o bem-estar de idosos”, mas que são necessários testes mais abrangentes.

Fonte: The Verge

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido