Ouça a rádio

Compartilhe

Previsão de pedágio de até R$ 13,80 na BR-381 revolta motoristas: 'Absurdo'

Projeto prevê a instalação de cinco praças de pedágio ao longo dos 304 quilômetros 

Valor previsto para tarifas pode ter desconto de até 26%

A possibilidade de criação de cinco praças de pedágios na BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, deixa motoristas que passam pelo trecho indignados. O projeto, apresentado nessa quarta-feira (3) pela Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), prevê valores entre R$ 10,79 e R$ 13,80 nas tarifas.

A reportagem da Itatiaia conversou com motoristas que passaram pela BR-381, conhecida como rodovia da morte, nesta quinta-feira (4). A reclamação é geral. É o caso do gesseiro Osmar Félix da Rocha, de 37 anos. “A rodovia não merece. A gente passa e fica muito tempo parado. É muita sacanagem com a população”, definiu.

O caminhoneiro Luís Ricardo, de 32 anos, também reclama. “É um absurdo. Com a crise que o país está passando, alta de combustível e esse negócio de leiloar (trecho da BR381) acho que não dá muito certo, não. É um absurdo”.

Locais

O projeto prevê a instalação de cinco praças de pedágio ao longo dos 304 quilômetros entre BH e Governador Valadares. As praças serão instaladas nas cidades de Caeté, João Monlevade, Jaguaraçu, Belo Oriente e Governador Valadares.

Em contrapartida, a concessionária que assumir o trecho terá que investir cerca de R$ 10 bilhões em dez anos, duplicar 130 quilômetros de rodovia e construir passarelas para pedestres.

*Com informações de Clever Ribeiro

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store