Ouvindo...

Times

No centro da inovação: Tial e Órbi Conecta juntos firmam parceria

Hub de inovação também é mantido pelas corporações fundadoras, Inter, MRV&CO e Localiza&Co, e conta na rede com empresas como Zendesk e Rede Mater Dei de Saúde. Tial assume liderança da vertical de Alimentos e Bebidas

A Tial é a mais nova mantenedora do Órbi Conecta, principal hub de inovação de Minas Gerais. Como a primeira indústria brasileira de bebidas à base de frutas com ingredientes 100% naturais e sem aditivos químicos, a Tial assume a liderança da vertical de Alimentos e Bebidas do Órbi.

Ao se tornar mantenedora da instituição, a Tial passa a ser uma das grandes responsáveis por impulsionar, desenvolver e aquecer o ecossistema de inovação mineiro e além.

A corporação se une às fundadoras do Órbi Conecta, Inter, MRV&CO e Localiza&Co, e demais mantenedoras, Zendesk, Rede Mater Dei de Saúde, Grupo Bamaq, Origo Energia, Grupo Patrimar, Lott Advocacia e AXS Energia, para fomentar novas ideias, conexões e tecnologias em prol da sociedade junto às startups da comunidade San Pedro Valley e outras mais de 30 startups que têm o hub de inovação como ponto de encontro.

Leia também

“A chegada da Tial agrega enorme valor ao Órbi Conecta”, declara a CEO do hub, Dany Carvalho. “É uma empresa com quase quatro décadas de experiência que está fazendo uma verdadeira revolução dentro da sua cultura de inovação. A Tial é um exemplo de transformação do negócio com responsabilidade ambiental, social e governativa para toda a Rede Órbi e, tenho certeza, será para todos que vierem a conhecer sua história. Trabalhando juntos, veremos o ecossistema de Minas crescer.”

O CEO da Tial, Victor Wanderley, comenta que a empresa está entusiasmada com essa parceria. “Esperamos facilitar a jornada de transformação digital e inovação para nossos colaboradores, fazendo com que eles entendam a importância disso para a nossa evolução. Também queremos construir um mundo melhor, a começar pelo projeto de relacionamento do Órbi com o seu entorno, em BH. Para isso, estar próximo a grandes empresas que compartilham do nosso posicionamento, assim como das startups e suas inovações, será essencial”, afirma.

Saudabilidade com acessibilidade

Quem pode escolher exatamente o que deseja consumir no supermercado? O grande objetivo empresarial da Tial é oferecer ao consumidor produtos que sejam saudáveis e funcionais, acessíveis a todas as classes econômicas da sociedade brasileira. O CEO, Victor Wanderley, aponta que apesar de existirem muitos produtos alimentícios focados na saúde, em geral, os mesmos não são acessíveis a uma variedade maior de classes sociais. A desigualdade social tem muitas facetas e uma delas é a desigualdade nutricional.

Para contribuir com o futuro da alimentação no Brasil, a Tial investe em inovação e tecnologia na produção de bebidas e de embalagens que conseguem manter as características das frutas, sem o acréscimo de conservantes. Além disso, sem utilizar ingredientes artificiais ou adicionando o mínimo de açúcar em uma pequena parcela de seus produtos, a Tial pratica uma tabela de preços que vem aumentando sua capilaridade pelo país, com a meta de alcançar as classes mais baixas.

“Queremos ser a locomotiva do ecossistema brasileiro de saudabilidade com acessibilidade, difundir essa ideia pela indústria alimentícia para que nossa população tenha um futuro mais saudável, um futuro melhor”, ressalta o CEO da Tial.

A história da Tial e sua revolução

Fundada em 1986, em Visconde do Rio Branco, Minas Gerais, a Tial nasceu de um projeto da Universidade Federal de Viçosa (UFV), que desenvolveu para a indústria um suco sem aditivos químicos. Ao longo dos anos, com investimento em instalações e equipamentos modernos, a empresa alcançou uma capacidade produtiva de 96 milhões de litros por ano de bebidas elaboradas com frutas selecionadas, vindas dos melhores produtores do Brasil e do mundo. Hoje, as mais de 50 bebidas à base de frutas e água de coco Tial são comercializadas em todo o país e exportadas para outros cantos, como Estados Unidos, Japão e Portugal.

Em 2019, sob nova gestão e liderança do CEO Victor Wanderley, a Tial iniciou uma jornada de inovação responsável pelo reposicionamento da marca e se tornou signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), a maior iniciativa de sustentabilidade empresarial do mundo e um dos principais mecanismos de implementação da Agenda 2030 e seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“Criamos seis comissões de ESG [da sigla em inglês: Ambiental, Social e Governança] e um comitê ao qual as comissões respondem. Eu não faço parte de nenhum deles para não enviesar os resultados. Só entro para auxiliar na tomada de decisões quando há algum impasse”, explica Victor. “Fazemos uma reunião geral mensal chamada Equalize e todos os colaboradores têm acesso ao que estamos planejando e aos resultados da empresa. Colocamos telões na fábrica para quem não pode acompanhar presencialmente”, conta.

Desde então, a Tial se tornou a primeira indústria brasileira a usar em 100% dos seus produtos uma embalagem ainda mais sustentável da Tetra Pak, feita a base de plantas, estas novas embalagens chegam a ter uma redução de 11% da pegada de carbono e a até 83% de índice de renovabilidade, resultados melhores quando comparados com as embalagens anteriores. Além disso, está testando uma nova forma de pasteurização que utiliza menos água, menos energia e gera menos descarte de produto (os resultados serão divulgados quando os estudos forem concluídos).

A empresa também está comprometida com a Diversidade & Inclusão. Metade da diretoria é composta por mulheres e a disparidade de salários entre gêneros foi zerada. Além disso, para cada vaga criada, ao menos 50% dos currículos entregues pela consultoria de Recursos Humanos (RH) devem ser de mulheres. Dos atuais 350 colaboradores, 40% do quadro já é formado por elas (número que antes não chegava a 20%). Diversas das vagas anunciadas são afirmativas para mulheres e a Tial também mantém um banco de talentos exclusivo para pessoas com deficiência (PcDs).

“Entrar para o Órbi Conecta é a grande virada para implantarmos uma forte cultura de inovação na Tial, da diretoria ao chão de fábrica. Queremos que nossos colaboradores estejam mais próximos desse mundo, entendam que inovação não é só tecnologia e, principalmente, que a tecnologia não os substitui, ela apenas melhora nossa experiência enquanto trabalhadores e pode contribuir para um mundo mais sustentável”, reforça o CEO da Tial.


Participe dos canais da Itatiaia:

O Órbi Conecta é o principal hub de inovação e empreendedorismo digital de Minas Gerais, e agora mantém uma coluna publicada semanalmente às terças-feiras no portal da Itatiaia.
Leia mais