Ouvindo...

Times

MG: investigadora da Polícia Civil é suspeita de matar cunhado em festa de família

Homem estaria alcoolizado, teria ameaçado familiares e partido para cima da investigadora com duas facas; ocorrência foi registrada em Sete Lagoas, na região Central

Uma investigadora da Polícia Civil é suspeita de matar o próprio cunhado a tiros durante um almoço de família no bairro São Francisco, em Sete Lagoas, na região Central de Minas, neste domingo (26).

Segundo fontes da Itatiaia, o cunhado da investigadora chegou alcoolizado a um almoço da família do marido dela, ameaçando agredir todos os presentes. A investigadora foi chamada e chegou no local junto com o marido. Ela tentou apaziguar a situação, porém, em determinado momento, o homem pegou duas facas e partiu para cima da investigadora e do marido dela. A investigadora acabou fazendo disparos para se proteger.

Leia também

A vítima morreu no local, enquanto a investigadora foi levada para uma delegacia da Polícia Civil, onde é ouvida neste momento. O local do crime foi preservado para o trabalho da perícia.

Em nota, a Polícia Civil informou que deslocou a perícia oficial ao local do fato para realizar os trabalhos de praxe. O corpo da vítima, um homem de 47 anos, foi encaminhado ao Posto Médico-legal para ser submetido a exames. ‘Os procedimentos estão em andamento. Tão logo seja possível, outras informações serão divulgadas’, conclui.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Apaixonado por rádio, sou um bom mineiro que gosta de uma boa conversa e de boas histórias. Além de acompanhar a movimentação do trânsito, atuo também na cobertura de vários assuntos na Itatiaia. Sou apresentador do programa ‘Chamada Geral’ na Itatiaia Ouro Preto.
Leia mais